Ele disse que marcharia junto com policiais, mas já está longe

O deputado estadual Manoel Ribero (PTB) “escorregou” do movimento dos policiais militares, que podem entrar em greve a partir de amanhã (24). O deputado comandou a reunião no último movimento da categoria, na Assembleia Legislativa dia 8 deste mês, e foi enfático: “caso o governo não atenda as reivindicações, eu mesmo me juntarei a vocês nas manifestações”.

Parece que o líder do governo na Assembleia já sente que o governo não está muito afim de atender às exigências e já sumiu para não ter que cumprir a impossível promessa. afinal, ninguém em sã consciência acreditaria que o líder do governo se juntaria a uma reivindicação contra o governo.

Ribeiro viajou para Portugal desde ontem e só deve retornar na próxima semana. A saída seria em virtude de um encontro de afiliadas da rede Bandeirantes, O deputado é proprietário da repetidora no Maranhão: a TV Maranhense.

Os policiais decidem esta noite se param ou aceitam aguardar a proposta do governo. Mas a saída pela tangente de Manoel parece um mau prenúncio..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *