Chico Viana critica silêncio em relação ao caso dos R$ 73 milhões

Chico Viana deu explicações sobre os recursos.

A única vez em que a prefeitura municipal de São Luís se manifestou com relação ao caso do “sumiço” dos R$ 73,5 milhões de convênio foi através de Nota Oficial assinada pelo secretário de Comunicação, Edwin Jinkings. Desde então, a prefeitura diz que não se manifesta pelo fato do dinheiro estar sob júdice e esperava a decisão da Justiça para entregá-lo ou não. A decisão da devolução veio e as explicações não.

O vereador Chico Viana (PSDB), um dos líderes do governo na Câmara Municipal,  criticou a falta de firmeza da prefeitura para se defender das acusações. “O Edwin (secretário de Comunicação) está na Europa. Era necessário antecipar esta fatídica CPI. O problema é que o Castelo colocou muita gente aí que tem medo de falar, tomar a frente das discussões”, avaliou.

Chico diz que com a decisão do juiz Megbel, a razão de ser da CPI encerrou e estaria discutindo matéria vencida. Segundo o vereador, a movimentação se deu porque as contas da prefeitura independem da origem. “Existe a conta geral do município. Não importa que não estariam mais na conta inicial dos convênios. O que importa é que a prefeitura tenha separado os R$ 73,5 milhões e estava esperando a decisão da Justiça. O bolo do dinheiro da prefeitura é um só e não faz sentido dizer que o procurava em uma conta específica do convênio”, declarou.

O líder do PSDB na Câmara Municipal disse que o prefeito tinha os R$ 73,5 milhões assegurados ou para fazer a devolução, ou para aplicar nas obras, de acordo com a decisão judicial.

Já que a Secretaria de Comunicação da prefeitura nçao se manifesta, pelo menos, estas são as únicas explicações que temos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *