Monitorado preso era proprietário de empresa de eventos

Como se disseminou em alguns blogs que o indicado na opração Allien preso em um bar seria o ex-presidente da Comissão de Licitação, Luis Carlos Teixeira, cabe ressaltar que houve equívoco de alguns colegas na publicação. O homem que saiu para “tomar umas” com a tornozeleira é o sócio de uma casa de eventos, chamado Luis Fábio Souza.

Ele saiu para beber em um bar no Turu, na última sexta-feira (21) e na manhã de sábado (22) foi preso. O monitorado foi autuado por desobediência. De qualquer forma, o desobediente foi solto no dia seguinte e continua sendo monitorado pela tornozeleira.

Só registro para a infromação ser a mais correta possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *