Zé Bernardo: responsabilidade pela segurança é do Executivo

Zé Bernardo reclama da responsabilização do TRE por segurança.

A violência no processo eleitoral do interior do Maranhão tem gerado uma grande discussão sobre a segurança do pleito no Estado. No último fim de semana, o vereador do município de Barra do Corda, Aldo Andrade (PSDC), 48 anos, candidato à reeleição, foi assassinado. O crime reascendeu a discussão sobre a segurança do pleito no Estado.

Vários deputados estaduais do Maranhão utilizaram a bancada da Assembleia Legislativa nos dois primeiros dias úteis desta semana para pedir que o TRE-MA garanta mais segurança para os municípios.

O corregedor eleitoral, desembargador José Bernardo Rodrigues, rechaçou a grande responsabilidade colocada na Justiça Eleitoral. Bernardo disse que o TRE-MA está fazendo a sua parte que é solicitar força nacional nos municípios de maior vulnerabilidade e pedir que a Secretaria estadual de Segurança exerça seu papel. “A segurança é de responsabilidade do poder executivo. O que podíamos ter feito já fizemos que foi solicitar onde os juízes disseram que precisava. Realizamos reuniões com o sistema de segurança pública, pois é dever deles garantir a segurança. Estão impondo uma responsabilidade a nós que não é nossa. O que podemos fazer é solicitar e é o que estamos fazendo”, afirmou.

Enquanto conversava com o titular do blog, o corregedor estava recebendo em mãos mais um pedido de reforço de segurança, desta vez do deputado federal Chiquinho Escórcio (PMDB-MA) para a cidade de Alcântara. “Olha só. Esta solicitação deve ser feita é para a Secretaria de Segurança. A Justiça Eleitoral cuida da segurança das urnas e da organização do pleito”, lamentou.

Bernardo alertou que muitas vezes, os incidentes podem ocorrer em cidades onde não existem indícios. Em Benedito Leite, por exemplo, não havia nenhum indício em 2008, e o fato mais grave das eleições daquele ano em todo país foi na cidade maranhense, quando várias urnas foram queimadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *