Monitoramento do Avança São Luís

AvançaO prefeito Edivaldo Holanda Júnior liderou a primeira reunião com os gerentes de projetos do Programa Avança São Luís. A reunião, que ocorreu na manhã desta quarta-feira (18), no auditório Reis Perdigão, na sede da Prefeitura, serviu para que cada gerente apresentasse as ações que irão acompanhar. Ao todo, a carta de investimentos, lançada oficialmente no último dia 4, contempla 43 projetos com 238 produtos que serão entregues para a população da capital.

O Avança São Luís agrega um investimento de R$ 526 milhões que será administrado através de uma metodologia de gerenciamento e monitoramento intensivos, sendo um aspecto importante a designação de gerentes responsáveis pelos projetos. O prefeito destacou que este tipo de modelo já foi aplicado com sucesso em outras cidades do país e que o foco principal é a obtenção de resultados efetivos.

“Foi um momento de grande importância. Os projetos serão tocados plenamente. Cada um será cobrado periodicamente sobre o andamento das obras que estarão monitorando. Daí, nós teremos a noção exata de saber se as coisas estão acontecendo ou não”, explicou o prefeito, ao ressaltar que a medida integra o sistema de modernização da gestão pública municipal que visa garantir a prestação de serviços eficientes e qualidade de vida plena à sociedade a partir da execução adequada dos projetos.

No encontro, os gerentes puderam aperfeiçoar o conhecimento sobre o sistema de monitoramento e trocar informações com o consultor da Macroplan, Leonardo Cassol. Ele explicou que as informações sobre os projetos são atualizadas em tempo real, o que facilita o acompanhamento da execução dos prazos e verificação de pendências.

O Sistema de Informações Gerenciais foi batizado com o nome do Programa: “Avança São Luís”. Ele será consultado diariamente pelo prefeito, secretários municipais, pelos próprios gerentes e pelas equipes da gestão municipal a fim de monitorar a execução dos projetos e participar das decisões de alocação de recursos.

O secretário José Cursino Raposo (Planejamento) acredita que esse modelo de trabalho oportunizará a possibilidade da administração avançar qualitativamente. “É fundamental essa estratégia, que permitirá o sucesso de todos os projetos. Esses gerentes irão dar vida a todos eles”, destacou José Cursino.

Na concepção do assessor especial Geraldo Castro e gerente dos projetos da área de Habitação de Interesse Social, o modelo de gestão orientado para resultados adotado pela Prefeitura de São Luís trará benefícios à população e os gerentes terão função estratégica. “Eles darão agilidade aos projetos sob a coordenação principal do prefeito”, declarou.

O pacote de ações do Programa Avança São Luís prevê obras a curto e médio prazo que serão executadas para os anos de 2013 e 2014, com financiamento através de 42% de recursos próprios e 58% em recursos captados/financiados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *