Professor da rede municipal de São Luís ganha prêmios internacionais‏

Professor Charles.

Professor Charles.

O escritor e professor da rede municipal de ensino Charles Santos Simões foi homenageado com dois prêmios fora do Brasil. Em Buenos Aires, ele recebeu o Prêmio Latino Americano de Excelência e, na Áustria, o Diamonds of Art and Education Austrian, concedido pela Casa do Brasil na Áustria (Abrasa – Brasilien – Haus in Österreich). Os prêmios são concedidos a escritores e poetas de países que falam línguas latinas, como Brasil, Uruguai, Argentina e Angola.

Charles Santos Simões é professor de Língua Portuguesa da Unidade de Ensino Básico Alberico Silva, o CIEP, e já tinha conquistado outras premiações em julho deste ano, como o primeiro lugar no I Festival de Contos do Rio de Janeiro, em Cabo Frio, e o Prêmio Destaque Poético de 2013, da Academia de Letras e Artes de Fortaleza.

Os contos escritos pelo professor podem ser lidos na Antologia de Poesias, Contos e Crônicas da All Print Editora e também no 4º Catálogo Artístico da Literarte, documento escrito em português e alemão que tem o objetivo de difundir a cultura brasileira em outros países como Alemanha, Áustria, Hungria e República Tcheca.

INCENTIVO

Natural de Primeira Cruz, a 250km de São Luís, Charles cultivava desde criança o sonho de escrever. “A minha avó me incentivou muito. Quando eu era criança, fazia literatura de cordel e vendia pela rua na minha cidade. As pessoas não queriam comprar porque não sabiam ler. Então eu lia para elas”, relembrou.

Hoje ele transmite um estímulo semelhante aos seus alunos do Ensino Fundamental. “Acho que quebra um paradigma, quando uma pessoa do Maranhão compete com escritores do Sudeste do Brasil e até de outros países e vence. Quero que essa história sirva de inspiração para os meus alunos”, disse Charles.

Com esse objetivo, ele conclui ao final do ano letivo no CIEP um projeto para que os alunos escrevam suas próprias biografias. Além de trabalhar a estrutura do texto narrativo e as regras da Língua Portuguesa, o projeto contribuiu para a formação e o fortalecimento da identidade dos adolescentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *