Governo gastará R$ 28,5 milhões por duas unidades prisionais em Coroatá

prisaoMais uma vez sem licitação, o governo do estado contratou uma empresa para construir duas unidades prisionais no município de Coroatá. Segundo apurou o blog do Garrone, foi publicado no Diário Oficial do dia 22 de janeiro a ratificação e homologação de dois outros contratos com a Verdi Sistemas Corporativos Ltda. para construir duas unidades prisionais em Coroatá, no valor total de R$ 28.516.261,76. Os contratos foram assinados no dia 4 de dezembro de 2013.

A primeira unidade terá 235 vagas e custará R$ 14.630.259,36; e a segunda R$ 13,886.002,40 com 221 vagas. A segunda terá 14 vagas a menos e com uma diferença de quase R$ 1 milhão.

Nos extratos de ratificações publicados no Diário Oficial, o nome do responsável pela empresa não foi publicado. O secretário de Justiça e Administração Penitenciária, Sebastião Uchôa, assina os contratos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *