Ciclistas fazem protesto pedindo mais ciclovias e respeito dos motoristas

Protesto pediu mais ciclovias para a capital maranhense

Protesto pediu mais ciclovias para a capital maranhense

Na noite desta sexta-feira (31), dezenas de ciclistas interditaram por alguns minutos a avenida São Luís Rei de França, no Turu. O protesto pede mais ciclovias (ou que existam ciclovias) em São Luís. O movimento faz parte de um movimento mundial chamado de “Bicicletada”. Os manifestantes também reclamam do fato de motoristas e clientes de restaurantes e lanchonetes usarem a ciclovia como estacionamento.

“Chamar atenção da população para melhores condições de ciclomobilidade que é o uso de bicicletas no espaço urbano”, explica o participante Irinaldo Lopes Sobrinho. Ele defende na próxima semana uma dissertação de mestrado na Universidade Federal do Maranhão sobre o uso da bicicleta como meio de transporte.

Segundo o cicloativista e pesquisador, a avenida Rei de França foi escolhida por conta do “processo de usurpação das vias de acesso dos ciclistas por automóveis”. Cada vez mais comum, nas avenidas de São Luís, mesas e automóveis estão ocupando o lugar que é destinado a pedestres e ciclistas. Além disso, o movimento cobra das autoridades a manutenção da via de ciclistas e pedestres que não acontece há mais de 11 anos, segundo ele.

A Bicicletada mundialmente na última sexta-feira de cada mês às 19h. Em São Luís, a primeira edição do movimento aconteceu em dezembro de 2011. No facebook, existe inclusive o Fórum de bicicletas de São Luís (veja aqui).

A próxima mobilização será no próximo dia 21 de fevereiro, começando na Praça Deodoro e seguindo pelas principais avenidas de cidade até a praça da Cohab.

Com informações do repórter Marcus Saldanha. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *