Primeira-dama de Bacabeira acumula cargos na Prefeitura

Alan Linhares e a primeira-dama de bacabeira. Não se sabe como Patrícia cumpre a carga horária das duas secretarias de peso da administração

Alan Linhares e a primeira-dama de bacabeira. Não se sabe como Patrícia cumpre a carga horária das duas secretarias de peso da administração

A primeira-dama de Bacabeira, Patrícia Lima Linhares, recebe duas remunerações diferentes desde o início do ano passado, quando o marido Alan Linhares (PTB) assumiu a prefeitura, apoiado pelo antecessor José Venâncio Filho, o Venancinho (DEM).

A reportagem do blog obteve documentos comprovando que, além do cargo de secretária Municipal de Esporte, Lazer e Cultura, Patrícia também acumula interinamente a Secretaria Municipal da Mulher. É de se admirar como a primeira-dama pode cumprir a carga horária das duas secretarias.

O salário de um secretário em Bacabeira é de R$ 5 mil. Na prefeitura, se tiver recebendo pelos dois cargos que acumula, o rendimento bruto da primeira-dama é de aproximadamente R$ 10 mil, mesmo valor que recebe hoje o vice-prefeito da cidade.

No final do ano passado, blogs da região publicaram matérias mostrando que o prefeito Alan Linhares (PTB) assumiu o cargo no inicio de 2013, com uma decisão de não aceitar mais de um membro da mesma família na Prefeitura. O ato tirou da administração municipal, vários funcionários que haviam votado no petebista nas eleições do ano passado.

Acontece que os exonerados descobriram que a ‘desculpa do nepotismo’ usada pelo petebista teve dois pesos e duas medidas, ou seja, só valeu para as famílias dos outros. Após ‘enxugar’ a folha com a demissão dos aliados de campanha, o prefeito do PTB resolveu nomear a mulher, irmãos, sobrinhos, primos, tios, enfim…, transformou a Prefeitura na República dos Linhares. Agora aos poucos os documentos que mostram a nomeação legal, mas imoral, começaram a aparecer.

cargos

1 pensou em “Primeira-dama de Bacabeira acumula cargos na Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *