Prefeitura implanta teste rápido de HIV na rede municipal de Saúde

Secretária Helena Duailibe alerta que diagnóstico precoce permite os cuidados necessários com a doença

Secretária Helena Duailibe alerta que diagnóstico precoce permite os cuidados necessários com a doença

A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Saúde, começou a realizar o treinamento dos profissionais da Estratégia Saúde da Família para aplicar o teste rápido de detecção do HIV, sífilis e hepatites B e C, mais um dos serviços novos na Atenção Básica do Sistema Único de Saúde. A medida faz parte da reestruturação global na área de saúde do município, liderada pelo prefeito Edivaldo Júnior.

O objetivo é possibilitar o início imediato do tratamento dos pacientes com resultados positivos confirmados, para interromper a cadeia de transmissão da doença e permitir que cuidados e o tratamento do HIV sejam desencadeados já no primeiro dia de diagnóstico.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, explica que é necessário ampliar o acesso da população aos serviços do Programa Municipal de DST/Aids para combater o avanço da doença. “Em todo o país tem havido aumento dos casos de Aids, especialmente entre os jovens. Uma situação que preocupa e, por isso, a Prefeitura está trabalhando para implantar o teste rápido em todas as unidades. Mesmo os soropositivos que forem assintomáticos terão a garantia do atendimento ambulatorial”, afirma Helena.

 TESTE

 O teste rápido para diagnóstico da infecção pelo HIV é feito por meio da coleta de duas gotas de sangue do paciente com kit individual específico, semelhante aos testes de gravidez de farmácia. O resultado sai em aproximadamente quinze minutos e os pacientes com diagnóstico positivo serão encaminhados para exames laboratoriais complementares e início do tratamento no Serviço Especializado do Centro de Saúde do Bairro de Fátima.

O Programa Municipal de DST/Aids desenvolve ações de prevenção com distribuição de preservativos e palestras educativas, diagnóstico, tratamento e medicamentos necessários para o controle da doença, além de acompanhamento médico e psicológico.

A Semus ressalta que a testagem sorológica anti HIV, sífilis e hepatites B e C  é voluntária e todo o trabalho será individualizado, com sigilo e confidencialidade garantidos.

 SAIBA MAIS

A AIDS é uma doença causada pelo vírus HIV, que ataca as células do sistema imunológico, destruindo os glóbulos brancos. A falta deles diminui a capacidade do organismo de se defender de doenças oportunistas.

O HIV pode ser transmitido pelo sangue, esperma e secreção vaginal, pelo leite materno, ou transfusão de sangue contaminado. O portador do HIV, mesmo sem apresentar os sintomas da Aids, pode transmitir o vírus, por isso, a importância do uso de preservativo em todas as relações sexuais. A Aids não tem cura, mas tem tratamento. A pessoa pode ter o vírus HIV e não saber, porque os sintomas demoram a aparecer. Por isso, é importante fazer o teste. Quanto mais cedo o vírus for descoberto e o tratamento, iniciado, melhor será a qualidade de vida.

4 pensou em “Prefeitura implanta teste rápido de HIV na rede municipal de Saúde

  1. O diagnostico rápido é a melhor maneira pro tratamento e que bom que a prefeitura ta investindo nisso e me parece que assim é mais sigiloso e não expõe o paciente. Boa iniciativa, prefeito!

  2. A saúde municipal vem melhorando e garantindo melhor qualidade de vida para a população ludovicense, só espero que o prefeito juntamente a secretária Helena Duailibe possam desenvolver cada dia mais essse trabalho árduo em prol da saúde!!!

  3. Com certeza, com essa nova forma de atendimento, muitos casos de HIV poderão ser identificados e tratados o mais rápido possível. Quem sabe assim, as pessoas percam esse medo de buscarem ajuda para lutarem contra a Aids!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *