Detran alerta pais sobre o uso da cadeirinha para crianças

cadeirinhaMuitos pais e futuros pais estão aproveitando o período junino para saber a maneira correta de usar o dispositivo de segurança para crianças, as famosas “cadeirinhas”, no stand do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) no Arraial da Lagoa da Jansen.

A lei que torna obrigatório o uso dos equipamentos de segurança começou a vigorar desde o ano de 2010, cujo principal objetivo é alertar os pais sobre o uso correto dos equipamentos de segurança para crianças, como a cadeira tipo bebê conforto, a cadeirinha, o assento de elevação e o cinto de segurança.

“O Detran-MA quer mostrar que o uso das cadeirinhas pode salvar a vida do seu filho. Com isso, o Departamento espera diminuir o número de crianças vitimas fatais em acidentes de trânsito. Os pais precisam perceber que a cadeirinha é uma amiga que pode salvar a vida do seu filho e que o não uso da mesma além de multa e pontos na carteira pode significar a perda de um inocente”, afirmou André Campos, diretor geral do Detran-MA.

A Maria Luisa tem 4 anos e sempre utilizou a cadeirinha, mas a mãe explica que a cada dia fica mais difícil convencer a filha a usar, por isso, ela utiliza algumas técnicas. “Ela às vezes reluta em ficar na cadeirinha, então sempre coloco um DVD pra ela assistir ou musicas para ela ficar ouvindo, sempre converso com ela e tento explicar que é necessária a utilização da cadeirinha”, afirmou Jucelia Ganz, médica e mãe da Maria Luisa.

A equipe de educadores do Departamento chamam a atenção para o uso do dispositivo de segurança para as crianças, desde a saída da maternidade, a Cleisse é mãe do Mateus de 8 meses. “Sempre fui muito preocupada com a segurança do meu filho, quando descobrir que estava grávida fiz uma lista do que era essencial comprar para o Mateus e a cadeirinha estava nessa lista. Assistimos nos jornais como crianças sobrevivem a grandes acidentes, por que estavam na cadeirinha. Depois que tive o Mateus e voltamos pra casa, ele foi de cadeirinha no banco traseiro comigo junto dele”, enfatizou Cleisse Magalhães, administradora.

“Achei bem bacana essa iniciativa do Detran, estou grávida de 5 meses e sei que vou precisar comprar o bebê conforto. Não tinha a mínima ideia de como utilizar, depois da explicação das educadoras já sei como vou colocar o bebê de maneira correta e segura”, enfatizou Margarida Santos, professora de matemática.

Com informações da assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *