A diferença entre os ataques de Edinho e os “ataques” sofridos por Edinho

Edinho ataca diretamente Flávio Dino e o pai Sálvio Dino com menções injuriosas

Edinho ataca diretamente Flávio Dino e o pai Sálvio Dino com menções injuriosas

Os aliados do candidato ao governo do Maranhão, Edinho Lobão (PMDB), criticaram o candidato Flávio Dino (PCdoB) de se vitimizar e “atacar” o adversário e sua família. A argumentação de que Edinho tem tido sua família exposta e atacada por Flávio parte da premissa de a divulgação de fotos e críticas machistas à esposa e à filha do candidato.

Todo e qualquer ataque à mulher de forma machista e preconceituosa deve ser repudiado. Mas os ataques à esposa de Edinho não partiram nem de Flávio, nem de ninguém ligado à campanha do comunista. Pelo contrário, a coligação de Flávio lançou nota na qual repudia os atos.

Reafirmamos que jamais faremos ataques pessoais, ou permitiremos que o façam, a familiares do candidato Edinho Lobão nem a ele próprio. Nos manteremos tratando exclusivamente de polêmicas no campo político, debatendo diferenças programáticas e posturas em relação à ética e ao correto uso do dinheiro público”, disse a nota da coligação Todos pelo Maranhão divulgada há três dias.  

Não há como o candidato controlar a atitude deplorável de algum simpatizante. Cabe as autoridades policiais inclusive detectarem possível conduta criminosa de quem age desta forma.

Mas as críticas à relação familiar de Flávio Dino, em especial com o pai, partem direto do site oficial de campanha do candidato Edinho Lobão, que utiliza sua página mais para criticar o adversário e sua família do que para divulgar sua campanha. Edinho não pode nem dizer que é contrário aos ataques porque partem do próprio candidato e de pessoas ligadas à sua campanha e filiados a seu partido.

Este blog também repudia qualquer menção à qualquer familiar dos candidatos que não tenha relação direta com a política ou interesse público. Mas claro, a partir do momento que o genro do candidato Edinho faz doação á sua campanha, isto sim, tem interesse político e público. Da mesma forma que se pode explorar na campanha o emprego que o pai de Flávio Dino teve no governo do estado, que é público e pode ser discutido.

Mas as relações da intimidade do lar não têm interesse público. As atitudes pessoais dos candidatos podem ser discutidas (a que horas começam a trabalhar, gostam de noitadas, respondem processos), pois são aspectos que interessam ao eleitor sobre a responsabilidade de seu futuro governante.

Flávio Dino foi duramente atacado neste domingo (10) em pleno dia dos pais, por Fakes no Twitter em uma referência à morte do filho de Flávio, Marcelo, falecido em 2012. Uma atitude das sórdidas da campanha.

Por fim, vamos às propostas, porque o Maranhão precisa de respostas para que o próximo governante tire o estado do atraso que o deixou com os piores índices do país.

1 thought on “A diferença entre os ataques de Edinho e os “ataques” sofridos por Edinho

  1. É a sede mórbida de poder,de mais poder, que torna os homens podres,próprios de atitudes ignominiosas.Infelizmente essa prática campeia nesse Brasil tão desigual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *