Edson Araújo: PSL liberou os candidatos para apoiar quem quiserem

Edson Araújo junto a Flávio Dino e Julião Amim recebe apoio do ministro Manoel Dias

Edson Araújo junto a Flávio Dino e Julião Amim recebe apoio do ministro Manoel Dias

O deputado estadual Edson Araújo (PSL) anunciou neste domingo (31) seu apoio ao candidato ao governo do estado Flávio Dino (PCdoB) durante evento de lançamento da candidatura de Julião Amim (PDT) ao cargo de deputado federal. Edson afirmou que escolheu Flávio Dino por acreditar que é o melhor candidato para o Maranhão, embora tenha ficado claro que Araújo terá ingerência na escolha do secretário de Pesca em um provável governo Dino. “O Flávio é uma pessoa mais preparada e tem compromissos com a categoria dos pescadores. Será um grande governador”, afirmou Araújo.

Questionado pelo titular do blog se haveria algum problema com seu partido, o PSL, que está na coligação de Edinho Lobão (PMDB), Araújo afirmou que o presidente da legenda, vereador Chico Carvalho, liberou os candidatos para as alianças que acharem por bem fazer. “Eu ainda não conversei com o presidente. Mas tenho certeza que ele não irá criar nenhum problema. Pois o que sabemos é que ele liberou os candidatos para tomarem o caminho que acharem melhor”.

Para os pescadores que acompanharam o evento, Flávio afirmou que caso seja eleito, a escolha do secretário de Pesca e Agricultura será discutida com as colônias de pescadores. “Tenho orgulho de receber o apoio de Edson. Ele é uma pessoa que acorda cedo e trabalha muito. Conversamos na minha casa e acordamos que em um provável governo nosso, o secretário de pesca deverá ter o consenso das colônias de pescadores. Sera um representante de vocês. No nosso governo, vamos cuidar para que o seguro defeso chegue para mais trabalhadores que não sabem que possuem o direito”, pontuou.

No acordo, Araújo também abdicou do apoio a seu candidato a deputado federal para fazer dobradinha com Julião Amim. O  ministro do Trabalho, Manoel Dias, também esteve no evento, e afirmou o apoio a Dilma Rousseff, Flávio Dino, Roberto Rocha, Julião Amim e Edson Araújo.

“Está fácil votar no Maranhão. Tenho assistido a animação e a decisão do povo do Maranhão para eleger Flávio Dino governador. Vamos todos fazer com que o Maranhão se liberte de vez e construir um estado justo e democrático para todos os maranhenses”, afirmou o ministro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *