Cutrim fala sobre pesquisa Ibope e denúncias contra Roseana

raimundocutrimO deputado estadual Raimundo Cutrim (PCdoB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, durante o grande expediente desta quarta-feira (10), e discorreu três assuntos de extrema relevância ao povo do Maranhão, nos quais lamentou o desserviço que o IBOPE vem prestando ao país, sobretudo ao povo do Maranhão, com suas famigeradas pesquisas. Raimundo Cutrim lembrou que as pesquisas de opinião divulgadas nos últimos meses referentes às eleições de outubro tem confundindo a cabeça dos eleitores dada as discrepâncias nos resultados.

Cutrim recordou que em 17 de julho deste ano o Instituto Exata contratada pela TV Guará mostrou que, se as eleições fossem naquele período o candidato Flávio Dino (PCdoB), venceria o candidato Lobão Filho (PMDB) ainda em primeiro turno, com percentual de 54% contra 25% do peemedebista. Logo em seguida, o instituto Data M encomendado pelo jornal “Atos & Fatos”, divulgado dia 31 de agosto de 2014, mostra Flávio Dino com 57,8% contra 23,1% do candidato do Governo.

Já a recente pesquisa do IBOPE, encomendada pela TV Mirante, divulgada dia 06 de setembro mostra nosso candidato com apenas 42% de intenção de votos contra 30% do nosso adversário.

“Alguém aí está faltando com a verdade, alguém não está sendo profissional no trabalho com pesquisas, com uma pesquisa bem feita, com responsabilidade, ela tem uma margem de erro de 2% a 3%. Mas talvez essas pesquisas esteja sendo realizadas nos mesmos métodos da que foi realizada em 2010, onde o IBOPE afirmou que Lula não faria o sucessor e todos nós brasileiros viram o resultado”, acusou o parlamentar.

Outro ponto abordado pelo deputado foi o caso do ex-diretor da Petrobras, publicado na Revista Veja, que chegou as bancas esta semana, onde consta o nome da governadora do Maranhão Roseana Sarney, como beneficiária das propinas. “Eu aqui não estou julgando ninguém, mas fazendo uma reflexão eu lembrava-me, das denúncias infundadas, como aquela campanha criminosa, campanha maléfica feita pela TV Mirante, e seus jornais contra o deputado Cutrim. Pois quando a pessoa não tem culpa, como é o meu caso, é uma dor que dói na alma, é uma ferida que sangra 24 horas”, desabafou Cutrim.

Por fim, o deputado Raimundo Cutrim trouxe a tona mais um escândalo praticado pelo ex-secretário de Segurança Aluísio Mendes, que além de quebrar o Sistema de Segurança Pública do Maranhão, consumindo todo o orçamento destinado à pasta, deixou um débito de quase R$ 30 milhões na secretaria, impossibilitando o atual gestor sequer de realizar um pequeno reparo.

Não satisfeito com tamanha destruição, ainda por cima, o ex-secretário desviou veículos da SSP, a exemplo de uma Pajero nova de placas IOR 3609 – São Luís MA, que foi localizada em Brasília, segundo dizem as más línguas, que ela estava servindo a seus familiares na capital federal. O certo é que o atual secretário determinou que fosse recolhido o veículo Pajero para o pátio da Secretaria de Segurança de onde jamais deveria ter saído de forma clandestina, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *