Edinho alcança a maior rejeição desde o início da campanha: 46%

46% dos eleitores não votam em Edinho de jeito nenhum

46% dos eleitores não votam em Edinho de jeito nenhum

Um dado alarmante para a candidatura ao governo do estado de Edinho Lobão (PMDB) é a taxa de rejeição. Justamente na reta final da campanha, Edinho apresenta a maior taxa desde que se apresentou como candidato ao governo do Maranhão.

Na consulta sobre a rejeição dos candidatos da pesquisa exata-TV Guará-Fiema, a rejeição de Edinho, que sempre foi a maior desde o início da série de pesquisas, voltou a crescer. Era de 39% no dia 6 de setembro; ficou em 39% no dia 14; depois subiu para 44% no dia 20 e agora tornou a subir atingindo os 46%.

Zé Luís Lago (PPL) se manteve como o segundo mais rejeitado com 27%. Antônio Pedrosa (PSOL) é rejeitado por 19%. Flávio Dino tem 14% de rejeição.

A pesquisa foi realizada pelo Instituto Exata e ouviu 1.400 pessoas entre os dias 22 e 25 de setembro nas seis regiões do estado, inclusive a Ilha de São Luís. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais, para mais ou menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95% o que significa que de 100 levantamentos com a mesma metodologia, em apenas cinco deles os resultados ficariam fora da margem de erro. A pesquisa consultou o eleitorado maranhense sobre a escolha de presidente da República, governador do Estado, senador e deputados Federal e Estadual. A consulta sobre presidente está registrada com o protocolo BR-00791/2014 no Tribunal Superior Eleitoral e a consulta para governador, senador e deputados com o protocolo MA-00054/2014, no Tribunal Regional Eleitoral.

Evolução do índice de rejeição dos candidatos

Evolução do índice de rejeição dos candidatos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *