Oposição critica fragilidade do governo que permitiu fuga em massa de Pedrinhas

othelinoassembleia

Othelino Neto: “Esse é o retrato do descaso e da falta de políticas públicas para a área da Segurança”

Os deputados Othelino Neto (PCdoB) e Marcelo Tavares (PSB) criticaram o Sistema de Segurança do Maranhão, na sessão desta quinta-feira (11), por permitir novas fugas registradas na Penitenciária de Pedrinhas, na noite de quarta-feira (10), quando uma caçamba foi usada para derrubar o muro do Centro de Detenção Provisória (CDP), do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, abrindo espaço para a saída de seis presos (números que já é maior). Os parlamentares disseram que o governo continua tratando com descaso a questão e que o fato ocorrido mostra total falta de planejamento, de comando e de respeito do Executivo.

 

Quem primeiro abordou o assunto na tribuna foi Othelino Neto, que criticou a Secretaria de Administração Penitenciária e lamentou o fato do Estado ter sido, mais uma vez, notícia negativa. “É lamentável isso que acontece no Maranhão. Esse é o retrato do descaso e da falta de políticas públicas para a área. O governo do Maranhão não consegue cuidar nem da sua penitenciária, quanto mais da Segurança dos maranhenses”, afirmou.

 

Segundo Othelino, é por conta dessa falta de planejamento e de descaso que a governadora anda sendo desancada por onde anda. Segundo o deputado, Roseana levou um carão de duas senhoras de Icatu que não são políticas, não têm paixão e, na verdade, demonstraram uma grande desilusão. Elas reclamaram que no município não tem água, nem no hospital, e que as crianças estavam adoecendo por excesso de poeira.

 

“A governadora está colhendo o fruto do que plantou: do desgoverno, da falta de compromisso e de interesse. No Maranhão, em especial nas coisas relativas ao governo do Estado, cada dia a gente se surpreende com um novo fato negativo”, disse o deputado do PCdoB.

 

Pedrinhas no noticiário

 

Na mesma linha de pensamento, Marcelo Tavares também fez duras críticas ao Sistema de Segurança. Disse que é lamentável ver, nos telejornais nacionais, por exemplo, no Bom Dia Brasil, o episódio de Pedrinhas, que mostra a total falta de planejamento, de comando e de respeito do governo do Maranhão.

 

“A bandidagem do Maranhão não respeita mais, absolutamente, nada do Sistema de Segurança. É preciso que haja esse respeito, à força, à mão do Estado, porque quando o bandido percebe que não tem mais comando, até porque se olharmos os jornais, os crimes que alguns estão cometendo são até menores do que os de colarinho branco que estão ocorrendo hoje no Maranhão”, comparou Marcelo Tavares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *