Pesquisa Exata-Tv Guará- Fiema: Flávio Dino tem o dobro das intenções de voto de Edinho

pesquisaexatagovernador

Esta é a sétima pesquisa Exata/TV Guará – Fiema. O levatmento traz quatro sondagens para governador do Estado: pesquisa estimulada, espontânea, cenário de segundo turno e rejeição.

Na pesquisa estimulada, o candidato Flávio Dino (PCdoB) continua a frente, agora com 58% das intenções de voto. O candidato do PCdoB subiu dois pontos percentuais em relação às duas últimas semanas, quando marcou 56%. O candidato Lobão Filho (PMDB) vem em segundo. Na primeira semana de setembro, o candidato do PMDB havia marcado 28%, manteve os 28% na segunda semana; e agora tem 29%. Utilizando a margem de erro da pesquisa, Flávio Dino pode chegar a 61,2%; e ter no mínimo, 54,8%. Lobão Filho teria no máximo 32,2%; e no mínimo, 25,8%.

Na pesquisa espontânea, Flávio Dino subiu para 44%. Na semana passada ele tinha 42%; e na primeira semana de setembro, 41%. Lobão Filho tinha 19%  na primeira semana; depois 19% novamente; e agora chegou a 21%.

Na simulação de um possível segundo turno, Flávio Dino venceria com 61%; Lobão Filho alcançaria 31%. Nas duas semanas anteriores, Flávio Dino marcou 59% e Lobão Filho os mesmos 31%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 15 e 19, foram ouvidas 1.400 pessoas nas seis regiões do estado, inclusive a Ilha de São Luís. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais, para mais ou menos, com nível de confiança de 95%. O Instituto Exata consultou o eleitorado maranhense sobre a escolha de presidente da República, governador do Estado e senador. A consulta sobre presidente está registrada com o protocolo BR-00687/2014 no Tribunal Superior Eleitoral; e a consulta para governador e senador, com o protocolo MA-00049/2014, no Tribunal Regional Eleitoral.

Rejeição

Na consulta sobre a rejeição dos candidatos, Lobão Filho permanece como o mais rejeitado. A rejeição ao candidato do PMDB subiu de 39% na semana passada para 44% agora. No início de setembro Lobão Filho também tinha 39%. Zé Luís Lago (PPL) permanece como o segundo mais rejeitado, com 26%. Na semana passada, o candidato do PPL tinha 27%; e na primeira semana de setembro, 21%. Flávio Dino tinha 17%, foi para 18% e agora tem 16%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *