São Luís terá “Marcha contra a corrupção” neste sábado

De O Imparcial

Estudante Helen Marques diz que grupo quer recuperar o espírito das caras-pintadas

Estudante Helen Marques diz que grupo quer recuperar o espírito das caras-pintadas

Cansados das notícias de corrupção envolvendo membros de governos e parlamentares, um grupo de cidadãos da capital está organizando a “Marcha contra a Corrupção”, que acontecerá nesta sábado (15), a partir das 15 horas, com concentração na Praça dos Pescadores, na Avenida Litorânea.

O movimento segue uma tendência nacional que está puxando em todo o território nacional para este sábado, dia em que se comemora 152 anos de Proclamação da República e segundo a organização, a ideia é manter a discussão em torno da eficiência do governo acesso, mesmo depois das eleições presidenciais.

“Queremos lembrar para as pessoas que temos voz e que podemos exercer a cidadania ao nos manifestarmos contra os casos de corrução que a imprensa tem noticiado. Estamos resgatando o espírito de 1992 quando os “cara-pintadas”, ajudaram no impeachment do então presidente da República Fernando Collor de Melo pelo mesmo motivo”, afirmou a estudante Helen Marques, que é uma das lideranças do movimento na capital maranhense.

Antes da manifestação, os organizadores do movimento estão prevendo que seja realizada uma oficina de cartazes e outra de pintura de rostos. A estudante também afirmou que a organização está convocando os manifestantes a usar roupas nas cores verde e amarelo, durante a manifestação.

“Queremos mostrar o orgulho de ser brasileiro e nordestino, apesar do que tem sido revelado. Acreditamos que ainda podemos reverter esta situação e salvar o país da corrupção”, comentou Helen.

O movimento irá se repetir em outras cidades de todas as regiões brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Palmas, Teresina, Manaus, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Goiânia, Vitória, Natal, Aracaju, Campinas, Caxias do Sul, Londrina e outros. “O movimento é nacional”, finalizou Helen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *