Sarney diz que improvisação com Edinho causou derrota do grupo

Do Jornal Pequeno

sarneyedinhoEm entrevista à TV Amapá, levada ao ar na segunda-feira (27), o senador José Sarney (PMDB-AP) comemorou a vitória do candidato do PDT ao Governo do Amapá,Waldez Góes, e fez uma rápida análise sobre as eleições no Maranhão. Ele admite, na entrevista concedida ao jornalista Evandro Luiz, que “tivemos um problema sério”, nas eleições deste ano no Maranhão.

“O nosso candidato (Luis Fernando) retirou a candidatura 90 dias antes da eleição. Ele vinha fazendo campanha há cinco anos etivemos de improvisar um candidato e, dentro de 90 dias, não se faz um candidato a governador. Foi isto que aconteceu. Este problema, evidentemente, determinou que nós não obtivéssemos o êxito que desejavamos ter”, declarou Sarney, na entrevista à TV Amapá.

Pouco antes da entrevista, a emissora de televisão mostra imagens do senador José Sarney comparecendo ao local de votação, na manhã de domingo (26), no Colégio Antônio Cordeiro Pontes, no centro de Macapá. Ele estava acompanhado do candidato ao governo do estado no segundo turno das Eleições 2014, Waldez Góes, do candidato a vice-governador na chapa pedetista Papaléo Paes (PP), do presidente do diretório estadual do PMDB Gilvam Borges e de correligionários do partido.

Aos jornalistas, no local de votação, Sarney disse que o fato de não concorrer a um cargo eletivo no Estado não vai limitar a atuação dele no Amapá. “Pretendo permanentemente ajudar o Amapá. Deixo de exercer o mandato legislativo, mas tenho a felicidade de ter feito grandes obras estruturantes no estado”, declarou.Sarney abdicou de concorrer ao Senado pelo Amapá depois de ocupar a cadeira no Congresso Nacional por três mandatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *