Secretário de Saúde de Caxias faz esclarecimentos sobre maternidade

Maternidade

Maternidade Carmosina Coutinho

O secretário municipal de saúde de Caxias, Dr. Vinicius Araújo, participou na noite de quarta-feira (26), no auditório da Câmara Municipal de Caxias, da audiência pública convocada pela Comissão de Saúde da Câmara Municipal, composta pelos vereadores Paulo Simão (relator), Benvinda Pereira (integrante) e do vereador Durval Júnior (suplente).

A audiência foi transmitida ao vivo pelo site da Prefeitura de Caxias e teve a finalidade de prestar esclarecimentos acerca das recentes polêmicas envolvendo a maternidade da cidade, que têm levado a um estado de pânico a população com informações que, segundo o secretário, são inverídicas.

Segundo Araújo, atualmente a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vem conseguindo atender a todas as gestantes e parturientes que chegam à maternidade Carmosina Coutinho, apesar do não repasse para custeio dos procedimentos pelo Governo do Estado.

De acordo com o secretário, são realizados na maternidade em média 700 partos por mês em parturientes de pelo menos 48 municípios, o que representa um milhão e trezentos mil mulheres maranhenses. E a unidade tem se tornado referência na região, para cidades como Timon, Coelho Neto, Aldeias Altas, Presidente Dutra, Parnarama, São Mateus e Codó.

O secretário de Saúde apresentou os dados da maternidade Carmosina Coutinho e fez o balanço das ações viabilizadas com recursos destinados ao estabelecimento desde o ano de sua abertura até hoje. A audiência contou com a presença dos vereadores, imprensa, população e representantes da sociedade civil organizada.

Durante a apresentação, o secretário assegurou o compromisso com o monitoramento e a avaliação das ações como prática de sua gestão e destacou, entre as atividades desenvolvidas, o aperfeiçoamento do atendimento materno em Caxias. “Inauguramos a maternidade Carmosina Coutinho em 2008, para substituir o antigo Hospital Materno Infantil Sinhá Castelo, que foi fechado pela Vigilância Sanitária Estadual por ter sido atestado como imprópria para as práticas médicas aos quais se destinava. Hoje a maternidade Carmosina é tida como referência por ser a maior e mais moderna maternidade pública do interior do Maranhão”, disse Dr. Vinicius.

O antigo Hospital Materno Infantil Sinhá Castelo possuía 48 leitos para atender a população. A Maternidade Carmosina disponibiliza 75 leitos e mais 11 leitos da UTI Neonatal, além de uma ampla infraestrutura especializada em obstetrícia, neonatologia, serviço de ultrassonografia, central de esterilização, farmácia, laboratório, pré-natal de alto risco, salas para consultas, vacinação, cartório de registro civil e o Banco de Leite Humana Dr. Fernando Vieira Chaves, que recebeu pela segunda vez a certificação pelo Programa Ibero-americano de Bancos de Leite Humano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *