Sem força, Sarney perde espaços no governo federal

Sarney e Lobão: fora do governo Dilma

Sarney e Lobão: fora do governo Dilma

A presidente Dilma Rousseff decretou de vez o ponto final de Sarney em seu principal feudo no governo federal: o ministério de Minas e Energia, alvo das denúncias do escândalo do Petrolão. A petista anunciou 13 ministérios, dentre eles, o Minas e Energia, substituindo Edison Lobão pelo Senador Eduardo Braga (PMDB-AM).

Lobão retorna para o Senado para o restante do mandato (ainda mais quatro anos) e Edinho volta a condição de suplente.

No Turismo, permanece o atual ministro Vinícius Lages, que também é filiado ao PMDB e está no posto desde março. Outro aliado de Gastão Vieira, ainda nutria esperança de ser realçado ao posto.

Dilma dá o troco em Sarney após o flagra do voto em Aécio e a perda de força dentro do próprio PMDB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *