Contratação de mil professores temporários e progressão para mais de 11 mil

flavioeducacaoO governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou uma série de medidas para o setor educacional nesta terça-feira (20). As medidas visam a valorização dos  professores, maior quantidade de professores e melhor infraestrutura educacional.

Foram seis medidas anunciadas. Prorrogação dos contratos temporários de 4.990 professores; seletivo em caráter emergencial de mil professores temporários; reajuste dos salários dos temporários em 15%, superando o piso salarial; fixação do piso salarial para os professores de carreira em todos os patamares e não só no inicial; progressão de 11.144 professores da rede e reparos emergenciais em 93 escolas com as condições mais precárias.

Flávio afirmou que atende às primeiras solicitações da secretária de educação, Áurea Prazeres, que alegou como primeiros desafios da educação a falta de professores em sala de aula e as condições de aprendizado dentro de sala de aula.

“As progressões eram reivindicadas há mais de 20 anos. Com elas, os professores terão a motivação necessária para investirem em suas carreiras”, afirmou. Flávio também destacou que os contratos de manutenção das escolas serão regionalizadas e passarão por manutenção constante para que não seja novamente necessária uma ação emergencial como a que faz agora.

Com as novas contratações e renovação de contratos, serão 6 mil professores garantidos. O governador reafirmou que as contratações são emergenciais e que o concurso público estará pronto ainda este ano. “A contratação temporária antes era regra. Agora, será exceção”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *