Edivaldo Holanda parte pra cima de Wellington do Curso

Edivaldo HolandaEm um forte discurso, o deputado Edivaldo Holanda colocou o deputado Wellington do Curso no lugar. Ao rebater as críticas do popular-socialista ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o deputado petecista trouxe embasamento teórico e demonstrou obras que vêm sendo realizadas pela prefeitura. Para Edivaldo pai, Wellington vai ficar ainda mais magoado com o pacote de obras que será anunciado pelo governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo nos próximos dias.

“V.Exa. não vai gostar de ver o Governador Flávio Dino anunciando, nas próximas duas semanas, um gigantesco trabalho junto com o Prefeito. Eu sei que isso vai magoá-lo porque o seu foco está sendo uma eleição do ano que vem. ‘Os olhos são os espelhos da alma’. E dá para ver no semblante do deputado a alma aflita que está por essas obras anunciadas na tribuna. Isso se choca com o seu interesse”.

Sobre a crítica de que o prefeito Edivaldo não teria trabalhado por dois anos esperando o governador Flávio Dino, Holandão ainda lamentou o fato de Wellington não ter ouvido o seu discurso anterior, no qual elencou uma série de obras de Edivaldo nos dois primeiros anos. “O senhor não ouvir os pronunciamentos, não ouvir um aparte como esse do Deputado Vinícius Louro que mostra que uma simples intervenção, sim, que resolveu todo o problema de um engarrafamento infernal que havia na confluência daquelas três grandes avenidas. Obra realizada pelo Prefeito Edivaldo Holanda Júnior, prefeito não espera o governador Flávio Dino há dois anos. Flávio Dino é um Governador que traz, além de paz para São Luís, paz que não havia, traz a vontade de ajudar e já está ajudando sim, mas o pronunciamento que eu fiz foi mostrando obras, eu não mostrei sequer a metade das obras importantes”.

Dentre as obras citadas no pronunciamento anterior, Holandão destacou a requalificação de 43.320m2 de ruas e avenidas e no total a ação beneficiou 1.246 logradouros distribuídos entre 180 bairros desta cidade, a conclusão da Ponte do Baixão, no Jardim São Cristóvão, além de drenagem profunda e por drenagem superficial com pavimentação destas quase 130 ruas e os canais para solucionar pontos de alagamentos da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *