Helicóptero pago pelo Estado foi usado na campanha de Andrea Murad

Andrea tem muito que explicar sobre uso de helicóptero alugado pelo Estado e utilizado em sua campanha

Andrea tem muito que explicar sobre uso de helicóptero alugado pelo Estado e utilizado em sua campanha

A denúncia foi feita pelo deputado Marco Aurélio na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (9). Auditoria realizada na Secretaria de Saúde do Estado (SES) revelou que os voos da PMR Taxi e Manutenção Aeronáutica alugados pela secretaria batem exatamente com a agenda de campanha de Andrea Murad (PMDB), filha do ex-secretário de saúde, Ricardo Murad.

Foram duas aeronaves que deveriam, por contrato, atender demandas da SES foram utilizadas para transportar Andrea para agendas de campanha. A empresa foi contratada pela Secretaria de Saúde pelo valor mensal de R$ 411 mil, que envolve ainda a aeronave de prefixo PP-PIT.

O helicóptero de prefixo PT-HZP, uma das aeronaves contratadas em regime de exclusividade pela SES, chegou a fazer um pouso forçado no dia 18 de setembro de 2014, na região de São João dos Patos, quando transportava Ricardo e Andrea Murad, fato amplamente noticiado na imprensa. Ambos retornavam de um comício de Andrea na cidade de São João dos Patos no dia anterior.

Houve até registro de voo na véspera da eleição. No dia 03 de outubro um voo registrado de São Luís a Coroatá com a aeronave de prefixo PP-PIT, com o piloto Neto, com o pouso às 20h22, sendo que no registro da agenda consta justamente o último comício da candidata.

“Eu coloco justamente com uma intensa preocupação, porque este contrato foi feito e honrado com o dinheiro público. É preciso que se mostre na prestação de contas, e eu sei que há na prestação de contas, mas é preciso que se mostre a nota fiscal que não se apresentou na prestação de contas da deputada. A nota fiscal, e justamente esses helicópteros, essas aeronaves que eram de uso exclusivo segundo o que foi firmado em contrato. Isso precisa ser explicado e precisa ser provado. Nós temos as informações e temos certeza de que não foram meras coincidências e, portanto, requeremos explicações”, afirmou Marco Aurélio.

Andrea se limitou a dizer que suas contas de campanha foram aprovadas e que sua campanha foi limpa diferente da de outros deputados, mas não teve como explicar o uso de aeronaves contratadas para atender as demandas da saúde Estado para sua campanha.

Relatório de voos da PMR

Agenda de campanha de Andrea

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *