Edivaldo destaca trabalho do consultório para moradores de rua

Prefeito_Edivaldo_Holanda_Junior_Foto_A.Baeta_012Blog do John Cutrim

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior destacou, na manhã desta quinta-feira (30), os avanços da gestão obtidos na área de Assistência Social. Edivaldo disse que a Prefeitura de São Luís disponibiliza consultório de rua para atender pessoas que usam áreas públicas como espaço de moradia e sustento.

O programa Fantástico, da Rede Globo, exibiu neste domingo uma bela reportagem sobre o projeto dedicado a atender moradores de rua pelo Brasil através do consultório na rua. Emocionou a todos que assistiram. Aqui, em São Luís, a nossa gestão disponibiliza também este consultório de rua com enfermeiro, assistente social, com psicólogo e outros profissionais para atendimento às pessoas em situação de rua“, afirmou Edivaldo.

As equipes de Consultório na Rua são formadas pelos chamados agentes sociais, ou seja, profissionais de diversas áreas que desempenham atividades para garantir atenção, defesa e proteção às pessoas em situação de risco pessoal e social. Tais profissionais possuem habilidades e competências para atuar com usuários de álcool, crack e outras drogas.

Edivaldo informou que na sua administração estão disponíveis Centros de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) e Abrigo Institucional. Estes equipamentos sociais de acolhimento são mantidos pela Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) e atendem as pessoas que usam áreas públicas como espaço de moradia e sustento.

Muitos moradores que estavam na rua e, depois que nós resgatamos e passaram por nossa política de assistência social, acabaram voltando ao convívio das suas famílias. É importante frisar que na perspectiva de inclusão social com ações voltadas para a retomada da cidadania, muitos deles passam o dia trabalhando e voltam somente para dormir, ficam com a mente ocupada e isso ajuda muito na recuperação e tratamento de cada um“, ressaltou Edivaldo.

A condução das políticas municipais direcionadas à inclusão em São Luís é elogiada pelo governo federal. A Residência Inclusiva em São Luís é a maior e melhor do país em termos de estrutura, conforto e beleza. As ações na área da assistência social serve de modelo de referência para todo o país.

A Prefeitura de São Luís mantém dois Centros Pop para atendimento diário às pessoas em situação de rua. São cerca de 40 pessoas atendidas, em média, em cada unidade das 8h às 17h, com higienização pessoal, café da manhã, palestras, almoço, lazer e acompanhamento com psicólogos, assistentes sociais e pedagogos.

O Abrigo Institucional oferece acolhimento provisório para homens, com limite máximo para 50 pessoas. É direcionado a pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência, que sejam atendidos pelos dois Centros Pop existentes na capital. Desenvolve condições para a independência, auto-cuidado e acesso à qualificação profissional.

A titular da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andreia Lauande informou que outro abrigo está prestes a ser entregue na Cohab, com capacidade de atendimento inicial para 30 pessoas.

Além dos serviços encontrados nos Centros Pops e instituições de acolhimento, essas pessoas atendidas pela Semcas são inclusas como público prioritário no programa “Minha Casa, Minha Vida”, do governo federal.

O prefeito esteve na manha desta quinta-feira (30) acompanhando a assinatura de contratos dos sorteados no Programa “Minha Casa, Minha Vida” para os residenciais Amendoeira I, II e III. No total, 1.300 famílias serão beneficiadas com a entrega das residências, prevista para acontecer ainda em 2015. A assinatura da documentação aconteceu nestas quarta (29) e quinta-feira (30), no Parque do Bom Menino. Na ocasião, Edivaldo cumprimentou as famílias sorteadas e comemorou o avanço na área dos programas habitacionais na capital.

3 pensou em “Edivaldo destaca trabalho do consultório para moradores de rua

  1. Enquanto alguns perdem seu tempo buscando falhas na gestão de atual prefeitura, eles estão promovento iniciativas maravilhosas como essa. Tenho muito orgulho da minha cidade e sei o quanto as pessoas daqui precisam de cuidao e atenção reforçados.

  2. Me falaram dessa matéria do Fantástico. Eu não sabia que aqui tinha esse abrigo por aqui. Muito delicado esse trabalho, e pelo visto muito recompensador pelo resultado que tem apresentado

  3. Vai ser até engraçado “João Castelo candidato” perguntando, ao seu estilo – à holandinha: E ai rapazinho, CADÊ ???! … Caso isso ocorra, os dois MORRERÃO ABRAÇADOS. E, INDEPENDENTEMENTE DAS NOSSAS OPINIÕES, o atual prefeito de São Luis pode coligar com quem quiser , MAS AS VOZES DAS RUAS NÃO O QUEREM, OU NÃO O AGUENTÃO MAIS COMO PREFEITO da (e para) nossa cidade.

    Ah !!! Bira do Pindaré pode sair candidato, Né !? Já que virá à tona uma imposição da direção nacional do PSB para que haja candidatura própria em São Luis em 2016 ??? Só que é impor-tante colocar que COM ESSA nada perde Flávio Dino, pois há muito existe esse PLANO (B)ira. Além de ser uma PEDRADA certeira em Roberto Rocha.

    Também temos que considerar que passando pela BOA DE VOTO ELISIANE, o processo eleitoral de 2016 pode resultar NUMA ONDA DE PROTESTO e esbarrar numa vitória das ultra-esquerdas, ou seja, do PLANO (P)edrosa.

    Por fim, como eu previa (já em novembro passado escrevia), que na medida em que Flávio AUMENTAR “suas parcerias” (pra não dizer campanha antecipada) com a prefeitura de São Luis, DIMINUIRÁ seu prestígio diante da maioria das prefeituras do estado; São José Ribamar já se manifestou, e porque não dizer: A FAMEM.

    São GAMAS de possibilidades que não podemos descartar. Então, AGUARDEMOS…
    Marco Antonio Carvalho Diniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *