São João 2015 teve significativa redução de ocorrências criminais

Clique para obter OpçõesA presença da Polícia Militar durante todo o mês de junho nas cidadesda Região Metropolitana de São Luís resultou na redução significativa das ocorrências criminais durante os festejos juninos. Dados do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), apresentados nesta quarta-feira (1º), apontam redução percentual de mais de 20% em relação ao mesmo período do ano passado. A contabilização dos números demonstra ainda elevação da quantidade de armas apreendidas, redução do número de homicídios e também dos assaltos a ônibus. As ações contaram ainda com o apoio da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros.

Em números absolutos, no período junino, foram registradas 1.557 ocorrências criminais na Grande Ilha, entre delitos de várias naturezas. Já no mesmo período de 2014, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) havia contabilizado 1.967 ocorrências. A redução foi de 20,8%. Vale lembrar que, de acordo com a Polícia Militar, os arraiais reuniram público de 10 e 25 mil pessoas por noite.

“Nossa avaliação é que tivemos um São João tranquilo e que asseguramos a paz e o bem estar das pessoas e das famílias, sem registrar nenhuma ocorrência, nestes arraiais, que pudesse tirar a tranquilidade de quem esteve participando dos festejos juninos este ano. Isso é reflexo dos investimentos e da estrutura que o Governo do Estado utilizou para dar suporte à cultura popular maranhense”, afirmou o comandante-geral da Polícia Militar.

Desde a abertura dos arraiais espalhados pela cidade, os Comandos de Policiamento de Área Metropolitano I, II e III (CPAM), responsáveis pelo patrulhamento ostensivo em toda a Grande Ilha, empregou mais 500 por noite, distribuídos entre os vários pontos de festas tanto oficiais, promovidos pelo Governo do Estado e prefeitura, como os localizados dentro dos bairros. A Polícia Militar esteve presente com todas as modalidades de policiamento a pé, motorizado por viaturas e equipes montadas. O Grupo Tático Aéreo (GTA) do Maranhão realizou o patrulhamento aéreo em toda  a cidade. As festas de São Pedro e São Marçal, esta que reuniu, de acordo com a Polícia Militar, mais de 185 mil pessoas, foram realizadas sem grandes incidentes.

Em relação aos casos pontuais, o comandante-geral da Polícia Militar, lembrou que as equipes policiais agiram de forma rápida para evitar ocorrências de grandes vultos. Um dos casos ocorreu na Fé em Deus, onde uma ocorrência foi registrada próxima ao arraial naquele bairro, mas com a ação rápida da Polícia Militar no local, as duas pessoas envolvidas na ocorrência foram detidas. Elas estavam armadas e foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Civil.

Comparativo

De acordo com o comparativo, as ocorrências de roubo tiveram uma queda de 6,5%. Em relação aos furtos no período de 19 a 30 foram registrados 465 ocorrências do tipo. Em 2014, no mesmo período, o número foi de 633. Em números percentuais, houve redução de 26,5%. O Ciops contabilizou ainda queda nos números da violência doméstica, totalizando este ano, no período junino, queda de 42,4%.

Os dados apresentados mostram também aumento de 25% do número de prisões e apreensões de entorpecentes. De acordo com o comando da Polícia Militar, as abordagens e o trabalho do Serviço de Inteligência têm contribuído para a identificação e prisões de criminosos que comercializam e comandam o tráfico de drogas na Região Metropolitana.

Já as lesões corporais culposa no trânsito apresentaram uma queda de 73% durante o período junino.  A redução se deve as abordagens e blitz montadas em varias partes da cidade a fim de evitar que condutores embriagados pilotem carros após consumir bebidas alcoólicas. As equipes militares também buscaram apreender armas e  drogas durante as revistas nos veículos.

Apreensões

Durante a ação forte das Polícias nas ruas houve um aumento do número de apreensão de armas de fogo. Ao todo foram retiradas de circulação 89 armas de fogo, sendo que no período compreendido entre 19 a 30 de junho, de funcionamento dos arraiais, a Polícia Militar apreendeu 30 armas de fogo, o que equivale a 33% do total do mês.

“A retirada de armas das mãos de criminosos evita o aumento dos números de homicídios que desde janeiro vem apresentando queda. No balanço semestral houve uma redução de 7% em relação ao primeiro semestre do ano passado, a diminuição é maior do que prevê o Pacto Nacional de Redução de Homicídios que estipulou uma taxa anual como meta de 5% de redução para cada estado por ano”, disse o secretário de Segurança Pública, Jeferson Portela.

Assaltos a ônibus

Durante o período junino, encerrado com a tradicional festa de São Marçal, no bairro do João Paulo, a Polícia Militar intensificou as operações Catraca e Ilha Segura. As ações são coordenadas pelo Comando de Policiamento Especializado (CPE) e contaram com o emprego de equipes do Batalhão de Choque (BpChoque), Rotam e do1º, 6º, 8º, 9º, 13º e 21º BPM.

Neste período houve uma redução de 19% do número de assaltos a coletivos.Ao todo foram abordados mais de 2,5 mil ônibus. Cerca de 20 mil abordagens foram realizadas durante o mês de junho, fruto das ações das duas operações. Além dos ônibus foram vistoriados carros de passeio e motocicletas.

Durante todos os dias e em locais pontuais identificados como os vários vulneráveis, a Polícia Militar monta barreiras e blitz revistando passageiros e suspeitos à procura de armas e drogas.  O comandante-geral da Polícia Militar afirmou que as ações das Operações Catraca e Ilha Segura também ocorrerão durante o período de férias.

2 pensou em “São João 2015 teve significativa redução de ocorrências criminais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *