Com aumento de até 38%, Polícia Civil do Maranhão teve maior reajuste do país

policiacivilEm um momento de grave crise econômica no país, a Polícia Civil do Maranhão ainda conseguiu reajuste de 20% a 38% em maio deste ano. Foram beneficiados mais de três mil servidores ativos e inativos dos Subgrupos Atividades de Polícia Civil (APC) e Processamento Judiciário (APJ) da Polícia Civil.

Como já foi dado aumento no ano, logicamente, um novo reajuste só deverá ser dado à categoria no ano que vem. O reajuste para a Polícia Civil de 20% foi destinado para os 950 servidores que recebiam a Gratificação Técnica. Já o de 38% foi concedido para outros 1.981 servidores. “Já fizemos o máximo possível neste ano. Não posso e não vou ‘quebrar’ o Estado. Vamos fazer novas negociações no próximo ano”, afirmou o governador Flávio Dino, através do Twitter.

O reajuste da Polícia Civil gerou, inclusive, insatisfação da Polícia Militar. O titular deste Blog ouviu de vários amigos policiais que Jefferson Portela estaria beneficiando a Civil por ser sua categoria. Embora considere injusta as críticas dos PMs uma vez que o reajuste destes foi  de 23,8% a 88% no acumulado até 2018 e o Maranhão passará a pagar um dos maiores salários do país.

O que está posto é que toda categoria sempre quer receber mais, uma reivindicação justa, já que naturalmente todos querem melhorar seu padrão de vida. Mas é necessário razoabilidade para perceber que diante da grave crise econômica que tem feito a presidente da República ser “linchada” diariamente, o governo do Maranhão tem sim priorizado reajustes para os servidores em maior percentual do que a maioria dos estados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *