Cai mais uma mentira de Andrea: Servidores do Judiciário recebem 21,7% normalmente

andrea-sindjus

Andrea Murad usando o Sindijus para campanha contra o governo, mesmo sabendo que Ação para cortar 21,7% é de Roseana

O presidente do Sindicato dos Servidores do Judiciário, Aníbal Lins, e a deputada Andrea Murad, fizeram uma intensa campanha tentando passar aos servidores da Justiça a ideia de que seriam cortados 21,7% dos salários dos servidores.

A informação correta é que o percentual que está litígio por uma Ação do governo Roseana, só será cortado caso assim decida a Justiça quando não couberem mais recursos. Ou seja, não passa em momento pelo Executivo estadual a decisão sobre cortar ou manter o percentual do litígio.

Contracheque

Contracheque de servidor do Judiciário: nenhum corte

O site Maranhão da Gente divulgou um contracheque de setembro que já mostra que o percentual permanece inalterado, diferente do que Andrea e Aníbal passaram aos servidores.

O presidente do Sindicato foi informado com antecedência que o subsídio dos servidores do Poder Judiciário não sofrerá redução tão cedo, já que a decisão do Tribunal de Justiça ao negar o pleito dos servidores só terá efeito se e quando se esgotarem os recursos judiciais. Ainda assim, junto com o Clã Sarney, tentam enganar os servidores para estimular a campanha contra o governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *