Flávio inaugura 71 km de rodovia que liga Matões a Caxias‏

Foto 3 entrega de rodovia ma  em matoes nael reisO governador Flávio Dino, ao lado do ministro do Trabalho e Previdência, Miguel Rossetto, e do presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT), cumpriu intensa agenda em Matões, neste sábado (21). Além de participar da inauguração da agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o governador também inaugurou um trecho de 71 km de asfalto da MA 034 a MA 262, ligando o município de Matões à localidade Baú, no limite com a cidade de Caxias.

“Esta estrada é uma luta antiga que só foi possível devido aos recursos federais no valor de R$ 15 milhões. Esta estrada integra toda a região, facilitando a vida de quem mora em Matões, Baú, Caxias e Parnarama”, afirmou Flávio Dino. Além da atuação intensa do governo na recuperação de rodovias estaduais, outros programas como o ‘Mais Asfalto’, que pretende entregar mais de 700 km de pavimentação em mais de 100 cidades maranhenses, também integram a agenda do executivo estadual.

Qualidade das estradas

Em pesquisa divulgada pela Confederação Nacional de Transportes (CNT), o Maranhão é um dos estados brasileiros que teve crescimento considerável na qualidade das estradas no comparativo entre 2015 e 2014. Segundo o estudo, que avaliou 4.577 km de extensão das vias em todo o Estado, o total de estradas classificadas como ótimas ou boas passou de 29,2% para 34,9%.

Outro dado que impressiona é a quantidade de estradas que deixaram de ser categorizadas como péssimas: no ano passado elas representavam 18,9 % do total e, em apenas um ano, este número caiu para 10,2%.

1 pensou em “Flávio inaugura 71 km de rodovia que liga Matões a Caxias‏

  1. PREZADO COMPANHEIRO CLODOALDO, LI E RELI UMA POSTAGEM SUA DO MÊS DE FEVEREIRO SOBRE O PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DE PAÇO DO LUMIAR, INFELIZMENTE A COISA FEZ FOI PIORAR E JUSTIÇA NÃO TÁ NEM AÍ. PORQUE SERÁ? O PREFEITO CONTINUA JOSEMAR CONTINUA DESPREZANDO A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL. SERÁ QUE O MESMO É MAIS PODEROSO DO QUE A JUSTIÇA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *