Cinco secretários na mira da reforma administrativa de Flávio Dino

fotodinoO Blog apurou que estão na mesa do governador Flávio Dino os nomes de cinco secretários estaduais na mira de sua reforma administrativa.

Mas este número pode diminuir para três secretários. Isto porque o governador avalia que os resultados podem ser melhor obtidos apenas com trocas na equipe e não necessariamente no comando destas duas pastas.

Até a secretária de Educação, Áurea Prazeres, que tem a saída dada como certa por quatro entre cinco pessoas próximas ao centro do poder, ainda é incerta. Flávio Dino avalia que a melhora em alguns pontos que não estão lhe agradando na pasta podem ser obtidos com troca de algumas peças da equipe e não necessariamente no comando da secretaria.

O governador previa começar as mudanças já agora no final de ano, mas só deverá fazê-las após o recesso que irá tirar em janeiro.

5 pensou em “Cinco secretários na mira da reforma administrativa de Flávio Dino

  1. Grande imbecilidade isso, paralisou todo o governo.
    Secretários estão todos parados sem saber se ficam ou saem e as mudanças que os secretários iriam fazer ficam à deriva.
    Triste idéia essa de deixar os subordinados sangrando um mês antes da degola.

  2. Fazer uma postagem em defesa da titular da Seduc é facil!!! Apurar e opinar sobre as graves criticas ao concurso da Seduc ocorrido há mais de “set” dias nem pensar … Toma rumo cabra, ta longe de ser uma referencia no Colunismo eletrônico sobre politica.

  3. As secretarias de Educação e Saúde é o gargalo de qualquer administração, e justamente essas não estão dando muito certo na atual gestão estadual, exemplo, na saúde as pessoas reclamam que o atendimentos das UPAs na gestão do Murad era melhor, muitos profissionais terceirizados ainda não receberam o 13º salário, o pagamento quando sai é com atraso, na educação idem vigilantes amargam meses sem receber um centavo escolas precárias que o diga o CEFM PIO XII, localizado na Vila Palmeira e por aí vai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *