Política maranhense em notas

Rosângela deve continuar em Brasília

rosangelacuradoA suplente de deputada federal no exercício, Rosângela Curado (PDT-MA) deverá deixar o cargo em 7 de janeiro quando o titular Weverton Rocha reassume. Há uma articulação em andamento para que Rosângela assuma o cargo de Chefe de Gabinete da bancada do PDT na Câmara. A suplente continuará tendo trânsito em Brasília e poderá tratar de sua pré-campanha à prefeitura de Imperatriz.

Madeira quer que aliados se mexam

sebastiaomadeiraO prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) deu um ultimato para que seus dois pré-candidatos à prefeitura se mexam para que algum consiga chegar a 20% das intenções de votos para ser lançado pré-candidato do grupo. O vereador Esmeradson de Pinho e o secretário de Regularização Fundiária Daniel Sousa (ambos do PSDB) são os os escolhidos de Madeira. Ele os intimou que caso nenhum se viabilize, irá compor com o candidato do governo, que pode ser do PCdoB ou a própria Rosângela Curado.

Forte razão contra o impeachment

chiquinhoescorcioUm amigo jornalista, que era fervoroso defensor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, foi convencido do contrário no último final de semana por um simples argumento: “gente como Chiquinho Escórcio chegará ao poder”. Foi o suficiente para ele refletir mais sobre seu posicionamento. O ex-deputado e principal artífice da cassação do ex-governador Jackson Lago é assessor especial do vice-presidente Michel Temer e um dos mais fiéis ao ex-senador José Sarney.

Tucanos também deveriam ser contra

aecioA linha de raciocínio do PSDB pensando em seu projeto deveria passar longe do impeachment da presidente Dilma. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) é favoritíssimo à eleição presidencial de 2018. O impeachment agora coloca o PMDB e raposas como Michel Temer, Eduardo Cunha e José Sarney no controle do país. Com o poder nas mãos, não seria difícil para o PMDB a vitória em 2018 e o adiamento do sonho tucano. Para o PSDB, o mais interessante é a manutenção do desgaste de Dilma e do PT – que já está em nível quase irreversível. O caminho para o PSDB em 2018 será muito melhor com Dilma no cargo e desgastada do que com o PMDB.

Justificativa pífia de Rêgo

manoelregoÉ duro quando você toma uma posição e não tem coragem para assumir ou capacidade para debater com a realidade. Após as duras críticas pelos votos contra o ar condicionado nos ônibus, o vereador Manoel Rego (PTdoB) inventou que seu voto contra foi porque a emenda do vereador Honorato Fernandes (PT) previa apenas 50% dos ônibus com ar condicionado e não 100%. Caso a emenda fosse de 100%, ele votaria a favor.Teve que ler mais uma série de críticas. “Melhor metade do que nenhum”!

Os pingos nos “is”

onibusO fato, que alguns vereadores como Roberto Júnior e Pedro Lucas tiveram coragem de debater, é que o ar condicionado aumentaria os custo e não se pode ser inocente nessas horas: os empresários iriam repassar este custo para os usuários. Teríamos mais uma greve de rodoviários incentivada pelos empresários, caos e aumento da tarifa no final das contas. Seria o terceiro aumento de tarifa para os usuários em menos de três anos. É preciso analisar o impacto e que se comece a construir alternativas. O mais importante neste momento de crise é saber: o usuário quer pagar um pouco mais por ar condicionado nos ônibus? Isso é que deve ser discutido para que se chegue a um consenso. O resto é demagogia.

2 pensou em “Política maranhense em notas

  1. Manoel Rêgo,(PTdoB) perdeu a chances de ficar calado, depois de cometer a burrada de ser contra o povo, ônibus com ar refrigerado já é obrigatório nas grande capitais do País sem onerar empresários coisa nenhuma, uma vez que os mesmo dispões de incentivos fiscais, redução de ISS, e uma infinidades de vantagens, empréstimos a fundo perdidos com carência de 5, 10 anos para começar a pagar. Este vagabundo merece é umas porradas, por cometer o crime de lesa pátria.
    Os benefícios do ar-refrigerado, daria condições para que mais pessoas usasse os ônibus, diminuindo assim o números de veículos nas ruas e muito trabalhadores deixaria seu carros em casa e usaria os coletivos. sendo assim caie por terra a teoria desse salafrários, que, se fosse 100% votaria a favor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *