Prefeito denuncia fraude no Censo Escolar do antecessor em Anajatuba

Sidney Pereira acusa Helder Aragão de ter aumentado número de alunos no Censo

Sidney Pereira acusa Helder Aragão de ter aumentado número de alunos no Censo

O atual prefeito de Anajatuba, Sidney Pereira, prometeu entregar nos próximos dias entregar aos órgãos de controle, dentre eles, Polícia Federal, Ministério Público Estadual e Federal, Tribunal de Contas Estadual e Federal, Controladoria da União, entre outros, o resultado da auditoria realizada nos últimos 12 meses na gestão do ex-prefeito Helder Lopes Aragão nas escolas da rede municipal.

Segundo o prefeito, os dados mostram uma fraude no Censo Escolar de 2015, que ocasionou ao erário um prejuízo de R$ 3.186.853,32. De acordo com o diagnosticado, 1.252 alunos fantasmas foram enxertados no relatório encaminhado ao Ministério da Educação.
O MEC paga R$ 2.545,41 por cada aluno, por ano. Os dados do Censo também servem como referência para o repasse para bancar transporte e merenda escolar, além da aquisição do material didático. Assim, o prefeito contabiliza um prejuízo de R$ 5 milhões de reais.
As maiores distorções teriam sido detectadas nas Unidades Integradas Adalgisa Mendonça Lopes(povoado Olho d’ Água), professor Sebastião Marinho de Paula(povoado Afoga), Eudâmida Pinheiro Lopes(povoado Perimirim), Marco Dutra Pinheiro Lopes(povoado Bacabal), além das escolas municipais poeta João do Vale(povoado Ribeirão) e Elza Correia dos Santos(povoado Cumbi).
 
“Só para termos ideia do grau de irresponsabilidade do ex-prefeito e sua equipe, que em apenas duas escolas, nos povoados Bacabal e Olho d’ Água existem 645 enxertados”, revelou o prefeito Sydnei.
 
O ex-prefeito Aragão foi preso no dia 20 de outubro na operação denominada “Attalea” da Polícia Federal realizada nas cidades de Anajatuba e São Luís. Ele foi posto em liberdade por determinação do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, após aceitar fazer uso de tornozeleira eletrônica.
 

2 pensou em “Prefeito denuncia fraude no Censo Escolar do antecessor em Anajatuba

  1. BOA TARDE SEU CLODOALDO, SERIA MUITO BOM O SENHOR INVESTIGAR MELHOR ESSE CASO PARA DEPOIS SAIR POSTANDO.
    SE TEVE FRAUDE NO CENSO TEVE SIM FATO, MAIS VOCÊ PERGUNTOU PARA O PREFEITO QUEM ERA O RESPONSAVEL DIRETO PELO SISTEMA??
    CREIO QUE NÃO, MAIS LHE RESPONDO, O RESPONSAVEL DIRETO ERA O QUE AGORA É O ATUAL SECRETARIO DE ASSISTENCIA SOCIL DO MUNICIPIO, UM POUCO ESTRANHO NÃO??

  2. Caro Julio o Clodoaldo não precisa investigar nada porque a investigação já foi feita,querer tirar a culpa do culpado e jogar em cima de outra pessoa é no minimo ridículo ou tu ta querendo chamar a PF e os demais órgãos implicados nestas investigação de mentirosos.Porque querem fazer do atual secretario o responsável pela irresponsabilidade e sabedoria inescrupulosa de outros. O cara foi demitido o ano passado não teve mais contato com nada da prefeitura e ainda consegue fraudar o censo de 2015, poxa para ele ter feito isso no minimo ele virou um gênio da lampada de aladim se infiltrou de novo na prefeitura sem ninguém ver e ainda fraudou para outros receberem, ele coitado levar a culpa.Vá se catar moço ou você acha que pode fazer os outros de otário com essas tuas absurdas insinuações maldosas..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *