Todo apoio à iniciativa de Adriano Sarney: CPI para investigar mazelas de Pedrinhas!

adrianoO deputado Adriano Sarney (PV) disse que irá pedir a abertura de uma CPI na Assembleia Legislativa. E o objeto da investigação passa justamente pela penitenciária de Pedrinhas. Neste caso é louvável a iniciativa do deputado. É bom que seja feita uma investigação sobre tudo que ocorreu dentro daquele Complexo que envergonhou o Maranhão diante do mundo.

A Assembleia Legislativa deve corrigir o erro histórico de até hoje não ter investigado todas as mazelas de decapitações, rebeliões, fugas cinematográficas e desvios nas verbas de obras para construções e reformas de presídios. Isto é roteiro mais do que suficiente para investigação.

roseanapedrinhasFoi preciso a CPI do Sistema Carcerário da Câmara Federal produzir alguma coisa em relação à Pedrinhas, enquanto a Assembleia Legislativa do Maranhão permaneceu inócua. Pode aproveitar agora o desejo de investigação do deputado do PV para investigar tudo que ocorreu lá entre 2013 e 2014. E que se investigue 2015 também se ainda tem algum problema no sistema ou o tal acordo que sugere o deputado Adriano.

É a grande oportunidade de se tirar a limpo um dos momentos de maior exposição negativa do Estado.

1 pensou em “Todo apoio à iniciativa de Adriano Sarney: CPI para investigar mazelas de Pedrinhas!

  1. Realmente será muito importante uma CPI para investigar sobre os acordo do Governo do Estado com as facções que existem nos presídios. Estão de parabéns os deputados, pois estão apenas cumprindo com seus papéis de oposição a este governo nefasto e de falácias. O grande problema deste governo e aliados é governar com os olhos para o retrovisor, pois a todo instante querem travar um debate que não traz beneficio algum aos maranhenses. Engraçado que os atuais governistas quando eram oposicionistas adoravam falar em CPI, investigações e etc… Porque a preocupação? E ameaçar na tentativa demover uma das prerrogativas do legislativo que é fiscalizar as ações do Executivo. Não é este o governo da transparência? da mudança, da honestidade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *