Acesso ao Socorrão II: governo resolve problema histórico

avenidasocorrao

A imagem é acima é um comparativo entre o antes e o depois da Avenida Trancredo Neves, no Jardim Tropical. O governador Flávio Dino irá entregar neste sábado (6) a Avenida. A obra foi realizada pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), em parceria com a prefeitura de São José de Ribamar e resolveu um problema histórico de buraqueira e alagamento no principal acesso ao hospital Socorrão II.

A recuperação será em toda a avenida, com uma extensão de 800 metros, que serão beneficiados com a realização de drenagem profunda e superficial, pavimentação e requalificação do meio-fio e calçadas.

3 pensou em “Acesso ao Socorrão II: governo resolve problema histórico

  1. Na boa Clodoaldo…. ficou muito melhor, mas o serviço não tá bem feito!!!
    Volto a dizer que mobilidade inclui também os pedestres.
    Faz uma diligência por lá. Tenta andar a pé como muita gente faz nesse trecho.
    E faz à noite para você ver que ainda estamos longe da decência em entrega de obras públicas.

    • Eu concordo. Esse problema passa pelo cumprimento do Plano Diretor. Os muros ficam na beira da Avenida. Os proprietários não deixam espaço pra calçada. SE fosse diminuir ainda mais a pista, iria ser só uma faixa. A solução seria derrubar os muros e pra que os espaços dos pedestres possam ser feitos. Mas ai, vai aparecer um monte de gente dizendo que a prefeitura de Ribamar e o governo estão destruindo as propriedades dos outros.

  2. Priorizaram os veículos e deixaram os pedestres haver navio. inadmissível, os gestores estão é longe de dispor do potencial do Estado ou Minicípio, para beneficiar o cidadãos. Fazem uma estrada dessa, sem o mínimo de segurança para o pedestre ou ciclista. Quando se dispõe a fazer que faça com bom senso, embora, de qualquer forma, se fosse dar uma nota numa escala de 1 a 10, daria 6,5, livre da reprovação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *