Política maranhense em notas

Fufuquinha ainda não decidiu sobre licença

fufuquinhaO novo líder da bancada maranhense, André Fufuca (PEN) percorreu hoje (22) os poderes para dialogar sobre sua nova função. Durante a passagem pela Assembleia Legislativa, Fufuquinha disse a jornalistas que ainda não definiu se irá pedir licença para que o ficha suja – sempre se segurando por liminares – Ildon Marques, assuma o mandato na Câmara Federal e possa ter foro privilegiado. Fufuquinha afirmou que se for se licenciar, será lá pelo meio do ano.

Mas busca novo partido

André Fufuca disse também que busca nova legenda. Apesar de garantir ter boa relação com o ex-deputado Jota Pinto e os demais membros do PEN, quer uma legenda que possa ter mais garantias, fortalecer esse partido nas eleições de 2016 para chegar com mais musculatura em 2018. O PSC é o mais cotado, mas o deputado evitou falar nomes dos possíveis destinos. A janela para troca partidária já está aberta e os deputados federais e estaduais têm menos de 30 dias para mudança.

Troca na Escola de Governo

Foto 1 - Escola de Governo do MA tem nova direçãoO governador Flávio Dino mudou a direção da Escola de Governo do Maranhão.  Foi empossada Conceição de Maria Gonçalves Nascimento, mais conhecida como Ceiça, que há 23 anos atua no serviço público do Estado, como nova diretora. Formada em Administração, com especialização em Gestão de Pessoas, Ceiça já atuou em praticamente todos os setores da Egma.

Em causa política

pedrosaO advogado Antonio Pedrosa (presidente do PSOL no Maranhão) tenta anular o concurso para professores do estado e travar a posse de 1.500 novos educadores para as crianças do estado. Mas quem aparece sempre ao lado de Pedrosa nas entrevistas para as TVs Difusora e Mirante é justamente um dos doadores de campanha do advogado.  Glauber José Brito é um dos líderes do movimento de “seis gatos pingados” que querem prejudicaram 1.500 que estudaram e passaram e outros milhares de estudantes.

Vereador troca PSB pelo PP

Francisco Chaguinhas sugere acessos alternativos para facilitar fluidez do tráfego.Quem já mudou de partido foi o vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas. O vereador que começou o mandato no PRP, mudou para o PSB e agora deixa o socialismo para se filiar ao PP, de Waldir Maranhão. O vereador já disse que apoia a candidatura de Eliziane Gama à prefeitura. O PSB que chegou a ter a maior bancada ao lado de PSDB e PDT, e hoje só tem um vereador na capital: Roberto Rocha Junior.

Marreca quer o filho como prefeito

marrecamarrequinhaO deputado federal Júnior Marreca lançou seu filho, Neto Marreca, como pré-candidato a prefeito de Itapecuru-Mirim. O ex-prefeito rompeu com o atual chefe do executivo itacuruense, Magno Amorim. Marreca afirma que foi o prefeito que não o quis mais como aliado e buscou novo caminho. O deputado federal passou o dia com o filho em agendas na Assembleia Legislativa e com lideranças.

1 pensou em “Política maranhense em notas

  1. Junior Marreca, que vai que vai virar anum, por faltar muito na Câmara, agora quer colocar o filho na mamata, ou seja, na vida safada e enojada da política, o menino ainda não é nem pintinho, mas tudo porque, ser político neste País é a facilidade de se fazer tudo o que não presta, e acontecer pouca coisa ou nada para punir esses salafrários, a impunidade impera neste setor da política, é tanta corrupção, ladroagem, que a maior e melhor ramo da sociedade, onde pai, filho e netos é induzido para entrar no ramos para tirar vantagens, mordomia e cultivar o ócio. É uma verdadeira vida bandida, que dar inveja ao mais sórdido dos mafiosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *