Política maranhense em notas

Milhares em defesa democracia

Manifestação Pró Dilma e Lula (1)O centro de São Luís pintou-se de vermelho na tarde desta sexta-feira (18). Acompanhando o resto do país, onde aconteceu manifestações populares simultaneamente, milhares de pessoas ocuparam a Praça Deodoro, em defesa dos direitos sociais e da democracia. Em um grito coletivo, e de forma pacífica, garantiam: o Impeachment não é a solução, e exigiam o respeito da Constituição Federal. Espontaneamente as pessoas ocuparam a Praça Deodoro, que já foi palco de protestos históricos e que mudaram os rumos do país, como a luta contra a Ditadura Militar de 1964, a favor das Dietas Já e pela redemocratização do Brasil.

Macieira critica pedido de impeachment

Mario Macieira - Manifestação Pró Dilma e LulaPresente na manifestação na Praça Deodoro, o professor de Direito e ex-presidente da OAB-MA, Mário Macieira, alertou sobre a legalidade do impeachment da Presidente. “Do ponto de vista jurídico, é claro que não existe elemento para o impeachment. Não existe um crime de responsabilidade que possa ser atribuído à presidente, isso é claro. E o pedido de impeachment formulado perante a Câmara, aceito pelo Eduardo Cunha como clara retaliação à Dilma é um pedido sem fundamentação jurídica para tirá-la do mandato que conquistou com a vontade soberana do povo”, explicou Mário. A OAB-MA sob o comando de Thiago Diaz, se posicionou a favor do impeachment.

Caema reduz reclamações no Procon

caemaDurante o primeiro ano de gestão do Governo Flávio Dino, a Caema reduziu expressivamente o número de reclamações de seus serviços, passando de 270 reclamações em 2014 para 135 em 2015. O número representa uma queda de 50%. Para a Caema, a queda no número de reclamações representa uma consequência dos investimentos que a Companhia vem fazendo em manutenções e em atendimento. “A Caema não recebia investimentos por parte do Governo há 30 anos. Esse resultado é consequência de uma política séria de priorização de bons atendimentos ao cliente, respostas rápidas aos nossos usuários dos nossos sistemas e de investimentos relativos à gestão, a rotinas e processos internos, e um investimento muito sério, de igual modo, em comunicação com os nossos usuários”.

PDT fortalecido em Ribamar

PDT 3O prefeito Gil Cutrim (PDT) participou, nesta sexta-feira (18), de ato de filiação ao Partido Democrático Trabalhista de várias lideranças políticas e comunitárias do município de São José de Ribamar. Filiaram-se, atendendo convite de Cutrim, o vereador Negão; o ex vice-prefeito de São José de Ribamar e atual secretário municipal de Assistência Social, Ribamar Dourado; além de outras lideranças, tais como Alisson Carvalho, que, em breve, assumirá a presidência da juventude pedetista na cidade; e Rúbia Fernanda. Gil disse que o PDT é formado por homens e mulheres que trabalham e defendem uma sociedade mais justa e igualitária e, por este motivo, continuará crescendo e se fortalecendo.

Wellington do Curso fora do PPS

wellingtonO deputado Wellington do Curso oficializou sua desfiliação do PPS e se filiou ao PP, de Waldir Maranhão. O PPS é comandado no Maranhão pelo suplente de Senador, Paulo Matos, com quem Wellington não tem muita proximidade. O ex-popular-socialista ensaia pré-candidatura à prefeitura de São Luís. Mas se ele confia em Waldir para lhe dar legenda, talvez tivesse mais chance onde estava. Esta é a 11ª mudança de partido de deputados da Assembleia Legislativa nesta janela de trocas.

Sampaio contrata Marcos Assunção

marcosassuncaoNa seara esportiva, o Sampaio Corrêa fez uma grande contratação para o restante da temporada. A pedido do técnico Petkovic, Marcos Assunção foi contratado e já está regularizado junto à CBF. O meia está inscrito no Campeonato Maranhense nesta sexta-feira (18), que era a data final para as inscrições de novos atletas por times da competição. Grande cobrador de faltas, Assunção passou por clubes de expressão no Brasil e na Europa.Teve destaque no Palmeiras entre 2010 e 2012.

1 pensou em “Política maranhense em notas

  1. Dilma pode não ter roubado nada, mas não impediu a dilapidação da Petrobras que no final acabou beneficiando a campanha eleitoral o brasileiro, pelo uma parte, há muito perdeu o norte no que diz respeito aos princípios de moralidade e ética já que muitos apoiam essa quadrilha que governa o país não me causará espanto se daqui a uns dois anos Lula se reeleger e instalar um Estado de exceção e ser aplaudido pelo povo, coisa que os venezuelanos fizeram com Hugo Chavez e Maduro e hoje estão em desgraça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *