Flávio Dino coloca o perfil jovem-técnico na espinha dorsal do governo

jovenssecretarios

Com a ascensão do advogado Carlos Lula ao comando da poderosa secretaria estadual de Saúde, o governador Flávio Dino conseguiu colocar na espinha dorsal do seu governo secretários com o perfil que agrada o chefe do Executivo: são jovens, dispostos, com conhecimento técnico-jurídico e com poucos vícios da vivência político-partidária, diferente dos que já tiveram mandato eletivo. Além disso, eles têm em comum a extrema confiança de Flávio, por uma vivência antiga.

Com exceção de Márcio Jerry (Articulação Política e Comunicação), Clayton Noleto (Infraestrutura) e Marcelo Tavares (Casa Civil), que têm perfil político, as pastas mais importantes do governo para a mudança de paradigma do Maranhão são ocupadas por pessoas com perfil técnico. Os políticos estão em pastas intermediárias. Saúde, Educação, Transparência e Procuradoria Geral do Estado estão com pessoas com este perfil. Vale ressaltar que segurança é importantíssima para a vida e o dia-a-dia das pessoas, mas me refiro à importância em mudanças estruturais do estado para as próximas décadas.

Carlos Lula foi advogado de Flávio em várias campanhas e tem a confiança e admiração do governador. Lula sempre foi elogiado como Analista Jurídico da Assembleia Legislativa. O novo secretário começou no governo arrumando a Casa Civil quando era secretário adjunto. Ainda como adjunto, tocava a secretaria de Saúde. Agora como secretário, terá a função de, de fato, levar um serviço de qualidade e desarmar a bomba deixada por Ricardo Murad. Aliás, ser o novo alvo da família Murad será mais desafio para Lula, que também acumulará a função que já exercia como presidente da Emserh.

Na Educação, após os problemas de Áurea Prazeres com o corpo técnico e com seu próprio partido – o PDT – Flávio achou a brecha para emplacar Felipe Camarão na pasta no início de março deste ano. Já rodado no governo, Camarão foi elogiado por onde passou: Gestão e Previdência, Cultura e rápida passagem por Governo. Agora na Educação, ainda tem muitos desafios. A pasta é fundamental do projeto de Flávio para melhorar os indicadores do Estado. Por isso, agora tem alguém com competência comprovada e a confiança do governador.

Na Transparência, o advogado Rodrigo Lago mudou a cara da antiga Controladoria do estado. Da pasta de Lago saíram as auditorias sobre as péssimas gestões de secretários do governo Roseana. Embora tenha feito seu papel, as auditorias foram enviadas para os órgãos competentes que até agora pouco fizeram. O Portal da Transparência do estado passou a funcionar e Rodrigo tem promovido auditorias dentro da própria gestão atual, como em empresas contratadas que tentam enrolar e ainda aumentar os preços de contratos.

Na Procuradoria-Geral do estado, Rodrigo Maia fez com que o órgão do primeiro escalão defendesse de fato os interesses públicos do governo economizando dinheiro para o Estado com vitórias judiciais Maia montou uma equipe de combate à corrupção e substituiu terceirização pelo trabalho de servidores da Casa. Inclusive ainda busca na Justiça reaver dinheiro desviado da Saúde do Maranhão. É outro jovem com coragem na equipe.

4 pensou em “Flávio Dino coloca o perfil jovem-técnico na espinha dorsal do governo

  1. Esse governo de “mudança” só piorou a vida dos funcionários públicos já que não tiveram reajustados seus salários tendo seu poder de compra reduzido devido as perdas da inflação

  2. Esse governo da mudança é um governo de incompetentes que so estão beneficiando o bolso deles. Os servidores desde 2007 que não tem aumento. Os salários são baixíssimos. Trabalhamos muito e não somos reconhecidos somos taxados de preguiçosos. Esse Felipe camarão é uma farsa. Só o governador que não enxerga. Olhem a situação das escolas no interior do Estado. Na educação so ta servindo pra empregar os amiguinhos dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *