Operação Maca zero: pacientes são transferidos do Socorrão I para Santa Casa

Edivaldo e Helena Duailibe acompanham transferência de pacientes

Edivaldo e Helena Duailibe acompanham transferência de pacientes

O fim das macas nos corredores do hospital Socorrão I. O prefeito Edivaldo acompanhou de perto na tarde desta sexta-feira (29) a transferência dos pacientes do Socorrão para a Santa Casa de Misericórdia. Um grande passo para humanização do atendimento do hospital que mesmo sendo municipal, atende pacientes de todo Maranhão. Com a atitude, o Socorrão pode se dedicar muito melhor à sua verdadeira função: o atendimento de urgência e emergência.

Anteriormente, já haviam sido transferidos mais de 50 pacientes do primeiro piso do hospital. Na tarde de sexta-feira, foram mais 60. A transferência foi possibilitada a partir de convênio com a Santa Casa, o que possibilitará ao Socorrão I atender às entradas de urgência e emergência com mais eficiência e qualidade. “Ampliamos a parceria com a direção da Santa Casa, que nos disponibilizou cerca de 150 leitos, o que nos possibilitou zerar o número de macas nos corredores do Socorrão I. Aqui, os pacientes continuarão o seu tratamento nas enfermarias”, comemorou Edivaldo.

Corredores do Socorrão limpos.

Corredores do Socorrão limpos.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, comemorou a ação e enalteceu o esforço da prefeitura para bem atender os pacientes, que são em sua maioria com ferimentos graves e traumas. “No Socorrão, boa parte dos pacientes vem do interior. Em muitos casos, após o atendimento será possível realizar logo a transferência para a Santa Casa. Com isso, seguimos a determinação do prefeito Edivaldo que é qualificar e humanizar a saúde da capital”, salientou Helena.

O Socorrão recebe, em média, 12 mil atendimentos mensais.

Uma ideia sobre “Operação Maca zero: pacientes são transferidos do Socorrão I para Santa Casa

  1. A saúde é a área que a sociedade precisa de recursos e a gestão municipal tem desenvolvido diversas ações. Em tantas reclamações sobre a lotação dos hospitais, esse transferência é muito importante pra qualidade do serviço prestado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *