Política maranhense em notas

Nova estrutura da PGE é aprovada

assembleiaContra o choro da oposição, a Assembleia Legislativa aprovou o Nova Lei Orgânica da Procuradoria-Geral do Estado. O Projeto de Lei Complementar nº 001/2016, que altera dispositivos da Lei Orgânica da Procuradoria-Geral do Estado, dá nova redação aos dispositivos que tratam da estrutura organizacional da PGE e do Conselho Superior da Procuradoria-Geral do Estado. O projeto define as atribuições do Procurador e do Subprocurador-Geral Adjunto e do Corregedor Geral, além de definir os cargos de carreira e os cargos comissionados da PGE. A maior polêmica girou em torno do fato dos procuradores não poderem exercer advocacia privada.

Fortalecimento da carreira

rodrigomaiaO procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia, garantiu que a nova Lei além de não prejudicar os atuais procuradores de carreira, ainda garantem benefícios evidentes para a estrutura da instituição e fortalecimento da carreira. Somente os próximos que entrarem terão de se adequar a nova Legislação. A progressão na carreira foi um grande avanço. “Nós reestruturamos a carreira em três níveis, como na maioria dos Estados, de modo que haverá a promoção de Procuradores para o final da carreira que estava há muito tempo engessada por conta de uma estrutura arcaica desde a década de 90”, afirmou.

“Diálogos por São Luís” I

Bira  (60)O deputado Bira do Pindaré (PSB) saiu na frente em São Luís e trouxa para si o movimento “Diálogos”, que se repete em vários municípios por aliados do governador Flávio Dino. O governador já disse que não irá se meter na eleição em São Luís, mas seu partido estará com o prefeito Edivaldo. Para equilibrar a personificação do apoio do comunista, Bira leva o movimento que é a cara da pré-campanha da Mudança.

“Diálogos por São Luís” II

No lançamento com o presidente estadual do PSB, Luciano leitoa, Bira explicou como funcionará o movimento para elaborar seu plano de governo. Ele pretende envolver todos os segmentos e movimentos populares, sindicais, comunitários, de igrejas e etc. “Onde tiver gente disposta a debater a cidade de São Luís, estaremos presente com equipe técnica e pré-candidatos a vereador”, afirmou.

Marcelo Coelho com Bira

Bira  (43)Chamou muita atenção no evento que marca o lançamento da pré-candidatura de Bira a presença do secretário estadual de Meio Ambiente, Marcelo Coelho. Aliado de longa data do senador Roberto Rocha, Coelho foi indicado por ele para secretaria de Meio Ambiente na prefeitura de São Luís e no governo. O rompimento de Marcelo com Rocha era dado como certo nos bastidores. Mas a presença no ato de apoio ao pré-candidato que disputa a indicação do PSB com o filho de Roberto é um fato concreto que mostra o rompimento. Mais uma prova do total isolamento do senador.

Impeachment não passará

zeinacio (2)O deputado Zé Inácio falou da conta difícil para a oposição ao governo Dilma conseguir aprovar o impeachment da presidente Dilma. Ele alertou para o fato da grande imprensa não estar passando a contabilidade correta de votos necessários, para criar a impressão de que a presidente está perto de cair. O Governo não precisa ter 171 votos. Claro que se obtiver mais, e o Governo trabalha para isso. Mas a oposição precisa ter 342 votos. E isso não está no imaginário popular. Até alguns políticos não têm compreensão disso. Sendo assim se a Oposição obtiver 341 votos e o Governo apenas 10 não haverá impeachment”, elucidou, afirmando que “o impeachment NÃO PASSARÁ”.

Apoio aos municípios

ALX_4677O deputado federal Weverton Rocha (PDT) recebeu o presidente da Famem, Gil Cutrim e recebeu convite para participar da XIX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que será realizada no período de 9 a 12 de maio de 2016. A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) também levou pleitos dos prefeitos ao líder da bancada do PDT. Weverton garantiu apoio à demandas dos municípios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *