Política maranhense em notas

Prefeitura paga servidores terça-feira (3)

edivaldoO pagamento dos servidores de São Luís será realizado dia 03 de maio. Mesmo com a grave crise financeira que atinge os municípios, o prefeito de São Luís consegue desde o início da gestão pagar os salários dos servidores em dia. O prefeito Edivaldo tem cumprido com o calendário oficial instituído por meio do decreto municipal de número 47.807. O prefeito de São Luís além da crise ainda teve o problema de ter uma folha de pagamento a mais, tendo que pagar a folha de dezembro de 2012 deixada pela gestão anterior. Ainda assim, honrou os pagamentos dos servidores de São Luís sempre obedecendo o calendário, e sempre que possível pagando dentro do mês trabalhado.

Posse de Lula na Saúde

IMG-20160429-WA0016_resizedO governador deu posse ao advogado Carlos Lula como novo secretário estadual de Saúde do Maranhão. O novo secretário foi de poucos palavras e estava visivelmente emocionado ao lembrar de uma vida perdida e a responsabilidade de cuidar da saúde de milhões de maranhenses. Também tomou posse o ex-secretário de Saúde, Marcos Pacheco, agora como secretário extraordinário de Políticas Públicas. O clima foi de descontração na posse.

Montaram máquina de negar direitos

IMG-20160429-WA0017_resizedO governador Flávio Dino foi novamente duro com os críticos da gestão da saúde que são justamente os que criaram, segundo o governador, uma “máquina de negação de direitos”. “Todos sabem que é uma lenda, uma mitificação, um cinismo dizer que o sistema de saúde no Maranhão era muito bom no passado. Se fosse, o Estado não era campeão de hanseníase, de mortalidade infantil, de hipertensão, de diabete […], um estado que negava tantos direitos ao Maranhão. E agora temos que ver essas pessoas dizer que nada têm a ver com isso quando eles montaram essa máquina de negar direitos”, lembrou. Ele lembrou que a Polícia Federal e o Ministério Público que disseram que o sistema de saúde do Maranhão era apenas uma máquina de desviar dinheiro para benefícios individuais, ” e isso não aconteceu na gestão do Marcos [Pacheco]”.

A nova pasta 

IMG-20160429-WA0018_resizedMarcos Pacheco explicou como atuará a secretaria de Articulação de Políticas Públicas. “Essa secretaria tem uma finalidade bem clara e objetiva, que é fazer a interseção entre todas as políticas, principalmente de Saúde e de Educação, porque são políticas que tem que estar muito próximas”, explicou Pacheco, lembrando que as várias áreas precisam estar sempre em diálogo para que os programas sejam executados, é o caso, por exemplo, da cooperação que existe entre a Saúde e a Secretaria da Mulher para uso conjunto das carretas de mamografia

De fato e não de foto

robertorocha1Na posse dos novos secretários de saúde e Articulação de Políticas Públicas, foram muitas autoridades presentes entre deputados, secretários e prefeitos. Mas foi sentida a falta do senador Roberto Rocha. Uma fonte revelou que o senador disse que agora ele quer ser governo de fato e não de foto. Está aí a explicação.

E a mansão?

Alguém sabe porque a mansão do Vicente Fialho há muitos anos propriedade da família Rocha não é mais de Roberto? A família se mudou para o Calhau e oficialmente o que é dito é que fariam uma reforma na mansão do Fialho. Mas a história não é bem assim. A propriedade não pertence mais da família por uma grande enrolada do senador. Mas essa é uma outra história.

4 ideias sobre “Política maranhense em notas

  1. Parabéns pela informação sobre o pagamento dos servidores municipais de São Luís,que se dará no dia 03.05.2016. Lamentavelmente, esse foi o único Blog que veiculou tal informação, pois os outros blogs estão mais preocupados com Flávio Dino do que com informações de utilidade pública.

  2. E quanto aos pagamentos dos terceirizados que estão em atraso? as empresas que fornecem mão de obra para as diversas secretarias do município estão em dificuldades de pagar seus funcionários devido ao calote que vem sofrendo da atual administração de São Luís, que o diga os vigilantes da PAS segurança há 3 meses sem receber a Semed não dá a menor satisfação, os professores do Projovem que foram dispensados sem receberem os salários atrasados a empresa Tanaka que operaciona os terminais de ônibus e por vai…Espero que o próximo gestor se for um santo que pelo menos não seja tão cara de pau quanto Edivaldo Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *