Arnaldo Colaço atrapalha Flávio Dino em São José de Ribamar

DSC_0107O titular do blog esteve na última segunda-feira no Parque Vitória, onde o governador Flávio Dino (PCdoB) autorizou o início da obra de pavimentação e urbanização da Avenida Nossa Senhora da Vitória, nos trechos pertencentes aos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar.

Na oportunidade, fiz uma constatação: o policial civil e pré-candidato a prefeito pelo PSB, Arnaldo Colaço, mais atrapalha do que ajuda Dino nas terras do santo padroeiro do Maranhão.

Colaço, que está afastado das suas funções de policial e exerce cargo comissionado de assessor especial do secretário Jeferson Portela (Segurança Pública), expôs o governador a uma situação desnecessária.

No afã de atingir o prefeito Gil Cutrim (PDT), Colaço arregimentou “quatro gatos pingados”, como se diz no popular, com o intuito de ensaiar uma vaia contra o gestor ribamarense.

A patacoada não deu certo e apenas serviu para constranger Flávio Dino, que tem como aliados fortes na cidade balneária o próprio Gil Cutrim e o ex-prefeito e pré-candidato pelo PSDB, Luis Fernando Silva. A vaia saiu quando o governador falou o nome de Cutrim. Mas quem ficou com o constrangimento foi o governador. Caso qualquer adversário quisesse desmoralizar Flávio, cortaria apenas o trecho do vídeo na vaia e colocaria nos Blogs sarneystas que “Flávio é vaiado no Parque Vitória”.

O objetivo do policial civil “licenciado” era colher para si os “louros” da importante obra que está sendo executada pelo Governo do Estado atendendo, principalmente, pedido de Cutrim, que cadastrou na Sinfra, ainda em 2014, projeto que previa a urbanização da avenida.

O tiro saiu pela culatra. Além de não conseguir seu intento, Colaço ainda amargou a desaprovação de Flávio Dino. 

1 pensou em “Arnaldo Colaço atrapalha Flávio Dino em São José de Ribamar

  1. Ridiculas estas afirmações, todo mundo sabe que quem está trabalhando e Arnaldo Colaço inclusive o nosso governador, por tanto. Inventa outra história, por que está não cola!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *