Pesquisa: Filuca Mendes perde feio para oposicionistas em Pinheiro

candidatospinheiro

O atual prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes (PMDB) perderia para qualquer um dos dois principais pré-candidatos da oposição se a eleição fosse hoje. É o que aponta a pesquisa do Instituto Econométrica. Luciano Genésio (PP) e Leonardo Sá (PCdoB) vencem o sarneysta.

A pesquisa do Instituto de Pesquisa Econométrica, registrada sob o número MA-06001/2016, no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão. Foram ouvidas 481 pessoas em 21 bairros da cidade e 10 povoados de Pinheiro. A margem de erro é de 4,3%. A pesquisa foi realizada no período de 6 e 7 de junho.

No primeiro cenário, Luciano Genésio lidera com 31,8%, Leonardo Sá tem 27%, Filuca aparece com 25,6% e Antônio Américo (PPS) tem 2,7%. Não votariam em nenhum deles 7,3%  e outros 5,6% não souberam ou não responderam.

Mesmo com a liderança, Luciano tem números bem menores do que em pesquisas do ano passado.

Confrontos diretos

O prefeito Filuca perde feio par qualquer um dos dois principais oposicionistas no confronto direto. Leonardo vence com 46,2% contra 28,5% do atual prefeito.

Já Luciano Genésio tem 49,3% contra 29,5% de Filuca caso tenham apenas as duas candidaturas.

Rejeição

No quesito rejeição, a pré-candidatura de Leonardo Sá aparece como mais viável do campo oposicionista. Filuca Mendes é altamente rejeitado com 47,6%. Luciano Genésio tem 18,5% de eleitores que não votariam nele de jeito nenhum. Antônio Américo é rejeitado por 11,4%. Leonardo Sá tem 9,8% de rejeição. Outros 12% não souberam ou não responderam.

1 pensou em “Pesquisa: Filuca Mendes perde feio para oposicionistas em Pinheiro

  1. Boa noite pinheirenses só tenho que lamentar oq hoje vem acontecendo na nossa cidade .algumas pessoas que faz de tudo para desestabilizar o governo da nossa cidade trazendo pessoas de fora para criticar a administração do prefeito pessoas q não conhecem a realidade . só pessoas que deseja que nós voltemos nos tempos das más administrações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *