‘São João de Todos’ anima público e impulsiona economia criativa em São Luís

Foto 28_Gilson Teixeira_30-06-2016 - Arraial da Maria Aragão (4)

As festividades continuam a todo vapor no circuito junino oficial do Governo do Maranhão. Na noite desta quarta-feira (29), grupos folclóricos aqueceram suas matracas e pandeirões nos terreiros do ‘São João de Todos’. A intensa programação cultural foi prorrogada e a festa continua nesta sexta-feira (1°) e sábado (2), nos Arraiais do Ipem, Nauro Machado e Vila Palmeira, prometendo agitar ainda mais o público e a economia criativa local.

Na noite de quarta-feira, a festa ficou por conta de grupos de bumba meu boi, quadrilhas, cacuriás, companhias de dança e shows de artistas populares. No Arraial do Ipem, as atrações foram: Cia Pulsar de Dança, Boi Presidente Juscelino, Cacuriá do Bom Jesus, Boi Pirilampo, Show de Gabriel Melônio, Quadrilha Fogo Caipira e Boi de Axixá. A programação variada e a organização do espaço arrancaram elogios do público presente.

Foto 14_Gilson Teixeira_30-06-2016 - Arraial do Ipem- Boi Presidente Juscelino (6)O casal Rafael Queiroz, 31 anos, e Daniele Fernandes, 35 anos, ambos engenheiros civis, compareceram ao Arraial do Ipem com o filho, o pequeno Gabriel, de apenas 7 meses.

Morando em São Luís há 5 anos, os paraenses aprovaram a estrutura e as atrações do São João de Todos deste ano. “Gostamos muito do espaço, bem organizado e seguro. A programação geral também está legal, dá para assistir de tudo um pouco”, falou Rafael.

Outro espaço que parece ter agradado é o Arraial da Maria Aragão, organizado pela Prefeitura de São Luís com apoio do Governo do Estado. Na noite de quarta, as atrações foram: Cacuriá Assa Cana, Quadrilha Fogo Caipira, Show Folia de Três, Boi Novilho Branco, Show de Alê Muniz e Luciana Simões, Boi de Morros e Boi de Maracanã.

Segundo informações da coordenação do Arraial da Maria Aragão, 8 mil pessoas compareceram à praça durante os 12 dias de festa. Entre eles, a universitária Wandenice Garcês, 34 anos, e o eletricista Elisequias Santos, 31 anos.

“A gente vê a segurança presente e a programação também está muito boa”, disse Wandenice. Juntamente com o namorado, ela vai aproveitar a prorrogação dos dias de festa durante fim de semana. “Acredito que vamos para a Nauro Machado, outro arraial que também frequentamos por ser de fácil acesso”, concluiu Elisequias.

Economia criativa

Além de levar mais cultura e alegria para milhares de maranhenses, a ampliação do São João de Todos promete render lucros para quem aproveitou a festa para faturar. A artesã Aurea de Sousa, 40 anos, vende suas bijuterias há vários anos em arraiais da capital maranhense, e foi só elogios para a organização do Arraial do Ipem.

“As vendas aqui estão sendo ótimas, por isso adorei a notícia de que vai haver programação também no fim de semana. Está tudo muito organizado, pela primeira vez nós ganhamos barracas grandes para expor melhor nossas peças, e o público aqui também é muito bom”, falou Aurea, cujos colares, brincos e pulseiras, feitos à mão, custam entre R$ 10 e R$ 15 reais.

Outro vendedor que comemorou a extensão da festa foi Rômulo Castro e Souza, 64 anos. Motorista de ônibus durante o dia, Rômulo aproveita grandes festas populares, como o São João, para tirar uma graninha extra vendendo água e cerveja. “O público dos arraiais este ano está sendo muito bom, a gente vê muito mais gente na rua do que no ano passado. O que está sendo ótimo pra mim, que estou conseguindo vender bem, apesar da crise”, falou o ambulante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *