Timon: Desesperado com iminente derrota, Alexandre tentou até deixar Flávio Dino inelegível

alexandrealmeidaEm Timon, bateu o completo desespero na coordenação de campanha do candidato a prefeito Alexandre Almeida (PSD). Muito atrás nas pesquisas de intenção de voto, Almeida ficou furioso porque o governador Flávio Dino participou de atos de campanha do candidato Luciano Leitoa (PSB), aumentando ainda mais a preferência do eleitorado timonense pelo atual prefeito.

Almeida entrou com ação na Justiça Eleitoral pedindo a suspensão das obras de pavimentação asfáltica do governo em Timon, e o mais absurdo, a inelegibilidade dos representados na Ação (o governador Flávio Dino e o prefeito Luciano Leitoa). Uma verdadeira piada.

Claro que a Justiça até desdenhou de tal pedido. O kuiz Rogério Monteles Costa, Juiz Eleitoral da 19ª Zona Elitoral, afirmou na decisão, que o programa “Mais Asfalto” se desenvolve em Timon muito antes do período eleitoral. “A princípio não se pode supor que obras realizadas pelo Governo do Estado em Timon têm como único motivo, em desvio de finalidade, a promoção dos representados candidatos. Ademais, pelo menos em análise superficial, não se pode admitir a suspensão de obras que beneficiem os administrados em prol de alegações que até agora não possuem lastro probatório consistente”, sentenciou.

Novo factoide

Sem sucesso com o factoide judicial, Almeida gravou o vídeo abaixo afirmando que o candidato Luciano Leitoa responde a investigação por receber mais de 2 mil doações irregulares. Claro, uma ação que o próprio Almeida ingressou como último ato desesperado. Curioso é o fato dele alertar para “onda de boatos” no vídeo onde o próprio candidato espalha boato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *