Caso não haja acordo esta semana, ônibus irão parar na segunda-feira

O estado de greve foi aprovado pelo sindicato dos rodoviários de São Luís na semana passada. Mas o sindicato ainda não havia comunicado a prefeitura de São Luís, Ministério Público do Trabalho, Sindicato das Empresas de Transporte Público de Passageiros e Tribunal Regional do Trabalho, como é exigido em lei.

Segundo o sindicato dos rodoviários, esta comunicação deve ocorrer ainda hoje (17). Pela legislação, após oficiar o estado de greve aos órgãos, a greve só pode ser deflagrada 72 horas depois. O sindicato informou que não pretende parar no final da sexta-feira (20) quando encerra o prazo.

Assim, caso não haja acordo pelos próximos dias, os ônibus devem parar de circular nas primeiras horas de segunda-feira (23).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *