Gilberto Aroso manipula o presidente da Câmara para atrapalhar Dutra em Paço

Gilberto Aroso usa Marinho para continuar prejudicando a população de Paço do Lumiar

O ex-prefeito e candidato derrotado nas eleições do ano passado em Paço do Lumiar, Gilberto Aroso, tem manipulado o presidente da Câmara Municipal, Marinho do Paço, para inviabilizar a gestão do prefeito Domingos Dutra.

O prefeito encaminhou três Projetos de Lei importantes pra a população.

O primeiro projeto cria o Diário Oficial Eletrônico, para que o município economize recursos com publicações de seus atos. Com a criação do Diário Oficial Eletrônico,  a prefeitura deixará de pagar grandes quantias em dinheiro com publicações em jornais de grande circulação, e no Diário Oficial do Estado, para publicar os seus atos.

O segundo Projeto de Lei que o prefeito Dutra mandou para a Câmara cria a figura do Contribuinte Substituto. Ou seja, hoje as empresas como a Odebrecht,  subcontratam outras empresas pra fazer serviços variados. Porém, essas empresas não pagam tributos, nem impostos sobre os serviços, nem emitem o alvará municipal. Com a criação do Contribuinte Substituto, a empresa que contrata, terá que reter na fonte, o imposto devido ao município.

O terceiro projeto de Lei, trata-se da extinção de Isenções Fiscais, que foram concedidas por governos passados de Paço, por 10 anos, onde poucas empresas deixam de pagar impostos, durante todo esse tempo. A Lei Complementar Federal, número 57 , do dia 29 de dezembro de 2016, estabelece que é proibido, qualquer tipo de Isenção Fiscal. O prefeito que conceder Inserção Fiscal para qualquer empresa, pode ser preso, ou responder processo de Improbidade Administrativa.

Esses três projetos juntos, significam economia para o município. Mais receita para Paço do Lumiar para que a prefeitura possa atender as demandas do município.

Quem é Gilberto Aroso

Paço do Lumiar está destruída.  É consenso o desastre das últimas administrações do município e grande parte delas foi da família Aroso; Nos últimos 35 anos, governou Paço do Lumiar durante 30 anos. Só de parente de sangue, foram 19 anos e 9 vezes.

Joaquim Aroso governou 6 anos, Amadeu Aroso estev no poder por 4 anos. Gilberto Aroso, filho de Joaquim e sobrinho de Amadeu, foi prefeito por 6 anos. Bia Aroso, 3 anos e 9 meses.

E agora o seu Gilberto Aroso, que foi condenado e está livre por um habeas corpus, manipula o presidente da Câmara para impedir que o município de Paço do Lumiar possa ter receita para atender as demandas da população.

Manipulação na Câmara

O filho de Gilberto Aroso é secretário da Câmara Municipal, e vigia todos os passos do presidente,  determina o que o presidente tem que fazer.

Nas 3 últimas sessões,  os projetos não foram votados, apesar de terem sido votados em regime de urgência. Isso porque Gilberto pressiona Marinho, e ele não tem força para cumprir o regimento da Casa e fazer votar os Projetos de Lei.

Na sessão de sexta-feira (24), o presidente cortou a palavra dos vereadores, tentou agredir parlamentares, abandonou a sessão com vereador na tribuna, e foi consultar o Gilberto Aroso. E após a consulta, ele abandonou o plenário da Câmara Municipal. Alguns vereadores irão solicitar, o afastamento do vereador Marinho da presidência, por falta de equilíbrio e por quebra de Decoro Parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *