Thiago Diaz perde forte aliado ao anunciar que pretende reeleição na OAB

Aldenor Rebouças rompe com Thiago Diaz. Presidente da OAB cada vez mais isolado.

O presidente da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA), Thiago Diaz, caiu em desgraça com um forte aliado em sua campanha e na gestão após afirmar em entrevista que pretende disputar novamente a presidência do órgão. E pode ter novas defecções por estar descumprindo uma das principais promessas de campanha.

O Advogado Aldenor Rebouças renunciou ao cargo de presidente da Comissão de Legislação Participativa da Ordem. Nas redes sociais, Rebouças fez questão de afirmar o rompimento com Diaz pelo que considerou falta de coerência.

“Thiago Diaz, ungido sob a promessa de que não sairia à reeleição, hoje a cogita. Indagado pessoalmente na última sexta-feira (9), o presidente não descartou a possibilidade. É triste ver um jovem repetir prática política antiga. Historicamente avesso à reeleição, fazendo oposição aberta às de Caldas Góis e Mário Macieira, preciso renunciar à presidência de uma comissão confiada. Só pode exigir coerência quem a pratica, inclusive em relação à própria classe. Espero que a ideia de recondução se dissipe e não precise engrossar as fileiras oposicionistas”, pontuou.

Thiago Diaz é mais um exemplo do discurso apolítico que não deu certo. Ele também tinha prometido não aumentar anuidade (aumentou esse ano) e faria uma gestão voltada pros jovens advogados, mas hoje está rodeado dos caciques. Além disto, o presidente da OAB vem mantendo uma relação conflituosa com o Tribunal de Justiça e fazendo com que os advogados sintam o reflexo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *