MP investigará tabeliães beneficiados beneficiados por Nelma Sarney

O Ministério Público está de olho na farra de distribuição de cartórios da desembargadora Nelma Sarney. A desembargadora já responde no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e os tabeliães beneficiados também serão investigados.

A associações dos Titulares de Cartório do Maranhão -ATC/MA e dos Notários e Registradores do Maranhão – Anoreg/MA formularam denúncias contra Ricardo da Silva Gonçalves, Delfina do Carmo Teixeira de Abreu e Evelise Crespo Gonçalves Meister que foram beneficiados com cartórios em Imperatriz, São Luís e Caxias.

Ricardo e Evelise foram agraciados com cartórios muito mais rentáveis do que os deles e a Delfina nem concurso fez.Ricardo e a Evelise foram aprovados no concurso de 2011 e foram colocados em cartórios com mais de 500 km de distância. Ele era de um cartório Passagem Franca e ela de um pequeno de São Luís.

Essas representações foram primeiramente encaminhadas ao MPF, mas foram transferidas para a Procuradoria Geral de Justiça do Maranhão. As Associações apontam uma infinidade de atos que, a princípio – segundo afirmam – configuram crimes contra a Administração Pública e contra a Ordem Tributária.

Com informações do Blog do Garrone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *