Secretários candidatos só deverão sair mesmo em abril de 2018

Márcio Jerry e Marcelo Tavares ajustam o governo junto à classe política. Os dois serão candidatos em 2018

Este Blog foi o primeiro a tratar da antecipação da saída dos secretários de Flávio Dino que disputarão a eleição de 2018. Em janeiro deste ano, o governador afirmou ao titular do Blog que estava programando para dezembro as mudanças dos secretários que irão disputar o pleito (relembre).

Mesmo naquela época, sentia que era um desejo que o próprio governador tinha consciência ser de difícil execução. Hoje, é ainda mais visível que o governador não mexerá na estrutura do governo na transição de 2017 para 2018.

Além de pastas importantes serem trocadas, como segurança, infraestrutura, desenvolvimento social, Flávio perderá seus dois principais secretários – Marcelo Tavares e Márcio Jerry – que serão candidatos a deputado estadual e federal, respectivamente.

A atuação de Márcio e Marcelo junto à classe política é fundamental para o equilíbrio do governo. O choque destas mudanças pode ser problemático para o encaminhamento das alianças e manutenção coesa da base de apoio.

Flávio já deve ter consciência de que é melhor que os secretários deixem o governo em abril, quando as ações governamentais já começam a esfriar e todos passam a viver mais campanha eleitoral. Assim, corre menos o risco de perder todo o ano de 2018 com trocas tão abruptas.

 

1 pensou em “Secretários candidatos só deverão sair mesmo em abril de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *