Cafeteira apresenta documentos e desmonta denúncia da Oposição sobre reformas de escolas

O líder do governo, deputado Rogério Cafeteira (PSB), trouxe à tribuna da Assembleia Legislativa documentos que desmontaram denúncia feita pelo deputado Wellington do Curso, a respeito da construção de uma escola no município de Nova Iorque do Maranhão. De acordo com vídeo publicado por Wellington, a escola constaria como demanda executada, enquanto que no cronograma de obras de construção e reforma de escolas, enviado à Assembleia, a unidade escolar consta com o status de “a executar”, ou seja, ainda deverá ser contemplada para receber os serviços estruturantes do governo. Na mesma situação está a escola do município de Pastos Bons.

Para Cafeteira, Wellington do Curso agiu de má fé ao tentar incutir a ideia de que o Governo estaria mentindo em propaganda a respeito das reformas escolares. O líder do governo ressaltou a importância da Oposição em fiscalizar, debater e fazer o contraditório. Ele disse que o importante papel da oposição não pode ser desvirtuado. “Fiscalizar sempre, mentir jamais”, afirmou.

O líder governista pontuou que a proximidade das eleições não pode ser uma mola propulsora para que sejam criados factoides, partidarizando situações que, em situações posteriores, sejam capitalizadas politicamente.

“O secretário já visitou a escola de Pastos Bons, inclusive eu estava presente, e foi firmado o compromisso de que o Estado faria a reforma, que ainda não iniciou. Só que o deputado foi até o município, assim como fez em Nova Iorque, e fez a denúncia de que a escola necessita de reparos. Mas já está programada essa reforma, e após a reforma ser concluída pelo governo, o deputado certamente irá chegar em Nova Iorque e em Pastos Bons e dizer: ‘olha, vocês estão vendo, trabalho meu, denúncia minha. Por isso que o governo veio fazer, senão, vocês iam ficar com a escola esperando reparos até hoje’. O que não é verdade. Isso já estava programado, confirmado pelo cronograma enviado pela Seduc”, explanou o parlamentar.

Rogério Cafeteira lembrou que a criação de fatos políticos põe em xeque a credibilidade da Oposição que, com o passar do tempo, vai perder toda a legitimidade quando necessitar fazer um questionamento ou alguma denúncia com fundamentos sérios, que realmente necessite de correções por parte do Governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *